Apucarana

Educação de Apucarana divulga cardápios da merenda escolar

Mais de 12 mil crianças devem voltar aos bancos escolares na próxima quarta-feira

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Educação de Apucarana divulga cardápios da merenda escolar
fonte: Divulgação

A Autarquia Municipal de Educação de Apucarana divulgou nesta quarta-feira (2) os cardápios que serão seguidos pelos 23 centros infantis e 35 escolas da sua rede no mês de fevereiro. Para conferi-los, os pais dos estudantes devem acessar o link: http://www.apucarana.pr.gov.br/ame/cardapios-da-merenda-escolar/

continua após publicidade

Segundo a secretária de educação, Marli Fernandes, mais de 12 mil crianças devem voltar aos bancos escolares na próxima quarta-feira (9), quando tem início o ano letivo de 2022. “As nossas unidades já estão com estoques de alimentos, uniformes, livros e materiais didáticos completos. Os professores e servidores também estão passando por formação continuada nesta semana. Tudo está pronto para receber com carinho os alunos de Apucarana,” afirmou.

Os cardápios da merenda são elaborados mensalmente por uma equipe de nutricionistas do Departamento de Alimentação Escolar, da Autarquia Municipal de Educação. “O nosso objetivo é oferecer refeições saudáveis e equilibradas às crianças, sempre levando em consideração a quantidade de macro e micronutrientes ideais para cada faixa etária,” explicou a nutricionista Jaqueline de Oliveira.

continua após publicidade

A Autarquia de Educação aplica aproximadamente 80% dos recursos da alimentação escolar na compra de produtos provenientes da agricultura familiar. “A iniciativa é importante porque enriquece as refeições dos nossos alunos com frutas, verduras e legumes, sempre frescos, de cada estação,” acrescentou a secretária Marli Fernandes.

Alimentos específicos também são garantidos aos alunos que possuem alguma restrição alimentar, como diabetes, fenilcetonúria e intolerância ao glúten e à lactose.

Para o prefeito Junior da Femac, divulgar os cardápios da merenda escolar na internet é uma atitude de coragem e de transparência. “Demonstra a responsabilidade que temos em relação ao dinheiro público. Basta o pai ou a mãe perguntar ao filho o que ele comeu durante o dia na escola para saber se estamos cumprindo aquilo que divulgamos,” disse.