Economia Solidária promove feira na Praça Mauá - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

    Apucarana

    Economia Solidária promove feira na Praça Mauá

    Foto por
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O Programa de Economia Solidária e Protagonismo Feminino, da secretaria da Mulher e Assuntos da Família, realiza na próxima terça-feira (7/7), das 10h às 18h, uma feira de gastronomia e artesanato, produtos do trabalho de empreendedoras solidárias capacitadas pelo Programa, na recém-revitalizada Praça Mauá (em frente à Estação Ferroviária), na Barra Funda .

    “Tem Feirinha na Mauá” terá barracas oferecendo pães artesanais, pão de mel, brownies, cookies, sonhos recheados, artesanato e plantas suculentas. A ideia, promovida pela Administração Municipal, é ajudar as mulheres na geração de trabalho e renda – especialmente em época como a atual, em que há dificuldades ainda maiores por causa da pandemia, além de oferecer aos trabalhadores do setor de vestuário uma opção de comprar produtos de qualidade, frescos e por um preço justo, propiciando momentos de lazer e incentivando a economia local.

    O protocolo para não proliferação do covid-19 será seguido à risca. Empreendedoras solidárias de grupo de risco não podem estar presentes. Todas as expositoras usarão máscara, as barracas terão distância mínima de dois metros entre si e haverá álcool gel em todos os pontos de venda. Além disso, a Praça Mauá é um espaço de lazer ao ar livre.

    “Tomamos todas as medidas indicadas pelo protocolo, com o objetivo de evitar o espalhamento do novo coronavírus.  A ideia da administração é ajudar as mulheres a gerar renda nesses tempos difíceis que estamos enfrentando. Vamos fazer, na Praça Mauá, o mesmo que já está sendo feito na Feira do Produtor aos sábados. Temos know-how adquirido pela experiência de outra feira. E não podemos esquecer de que ambas são realizadas ao ar livre”, disse a secretária da Mulher e Assuntos da Família, Denise Canesin .

    Memória afetiva

    O espaço histórico da Praça Mauá abriga monumentos que datam dos anos iniciais de vida de Apucarana e faz parte da memória afetiva da cidade. Foi recentemente revitalizado, recebendo investimentos de R$ 30 mil do município. O espaço de lazer ao ar livre teve calçadas recuperadas, ganhou rampas de acessibilidade, foi pintado, teve os postes ornamentais reformados e agora dispõe de luz de LED iluminando os quadros e bandeiras dos 26 países com maior número de imigrantes no município.

    Referência

    Implantado há seis anos, o Programa de Economia Solidária e Protagonismo Feminino, da secretaria da Mulher e Assuntos da Família, é referência no Estado do Paraná e na Região do Vale do Ivaí. Municípios como Guarapuava (Centro-Sul) e Cambira inspiraram-se no modelo exitoso de Apucarana, que capacitou cerca de mil mulheres e dispõe de 15 pontos de venda – cedidos pela Prefeitura – espalhados pela cidade. A Economia Solidária tem ainda o Espaço Empreender, na Vila Nova, uma incubadora de novos empreendimentos, centro de treinamento e oficinas.

    Serviço

    Os empreendimentos econômico-solidários abrangem diversas áreas como artesanato, confecção, beleza e estética, gastronomia, plantas medicinais e ornamentais, produção orgânica de hortifrutis e estão baseados nos conceitos-chave de autogestão, cooperação, solidariedade, sustentabilidade e viabilidade econômica. Quem quiser participar da próxima capacitação em Economia Solidária deve se inscrever no Espaço Mulher, que fica na Rua Oswaldo Cruz, 432.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Como reestruturar e garantir a sobrevivência do meu negócio?

    Deixe seu comentário sobre: "Economia Solidária promove feira na Praça Mauá"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.