Apucarana

DNIT inicia manutenção no viaduto da BR-369 em Apucarana

Defeito no asfalto e na estrutura do trecho devem ser consertados até sexta-feira (11)

Da Redação ·
Duas pistas do viaduto sobre a linha férrea do Jardim Apucarana estão parcialmente interditadas há uma semana.
fonte: Sérgio Rodrigo
Duas pistas do viaduto sobre a linha férrea do Jardim Apucarana estão parcialmente interditadas há uma semana.

Funcionários de uma empresa terceirizada, contratada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), iniciaram nesta quarta-feira (9) a manutenção do viaduto da Avenida Minas Gerais, trecho urbano da BR-369 em Apucarana. O trecho, que fica sobre a linha férrea do Jardim Apucarana, na saída para Arapongas, apresenta um defeito bem no meio da pista que está parcialmente interditada há uma semana. 

continua após publicidade

Na quarta-feira (2) da semana passada, o trecho foi vistoriado pela Secretaria Municipal de Obras que identificou problemas na malha asfáltica e também na estrutura que dá suporte ao viaduto. De acordo com secretária municipal de Obras, Angela Stoian, uma abertura surgiu no local e, por precaução, o ponto foi interditado e o DNIT acionado. “Também fizemos uma vistoria embaixo do viaduto para investigar o que estaria causando aquele defeito no asfalto. Não foi constatado nada tão grave. Parte do muro de pedras que sustenta o viaduto cedeu. Parte da terra também cedeu e o que causou aquela deformação na capa do asfalto era água infiltrando na estrutura”, explica.

A secretária tranquiliza a população e reafirma que os reparos já começaram. “A longo prazo, poderia se tornar algo mais grave. Com a perda da estrutura que dá suporte, ficaria apenas a capa do asfalto do viaduto e a estrutura poderia ceder com qualquer veículo que passasse com pouco mais de peso”, comenta.

continua após publicidade

Na tarde de terça-feira (8), a reportagem do TNOnline cobrou o DNIT sobre a manutenção da pista e também explicações sobre a origem do problema. Em resposta, o setor de fiscalização dos serviços de manutenção rodoviária informou apenas que os reparos começariam nesta quarta com prazo de até dois dias para conclusão e não deram mais detalhes.