Mais lidas

    Apucarana

    VEJA

    Deputados e comunidade debatem em Apucarana novo modelo de pedágio

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 26.02.2021, 09:27:48 Editado em 26.02.2021, 10:01:37
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Frente Parlamentar sobre o Pedágio, da Assembleia Legislativa do Paraná, realiza nesta sexta-feira (26), em Apucarana, mais uma audiência pública para debater o novo modelo de pedágio proposto pelo Governo Federal para as rodovias paranaenses. O encontro acontece no Anfiteatro da Universidade Estadual do Paraná (Unespar). A audiência é transmitida pela TV Assembleia, site e redes sociais do Legislativo. O evento reúne prefeitos, moradores, lideranças regionais e representantes do setor produtivo. 

    O atual pedágio e o proposto pelo governo federal, que vai vigorar nos próximos 30 anos, vêm sendo discutidos em todo o Paraná por iniciativa da Frente Parlamentar, que já realizou audiências em Cascavel, Foz do Iguaçu, Londrina, Cornélio Procópio, Guarapuava e Francisco Beltrão.

    “Estamos ouvindo as expectativas, os anseios e as esperanças sobre a nova concessão construída pelo Governo Federal, que apresenta pontos discutíveis, como as novas praças, o degrau tarifário e contrato de outorga, que é diferente do que a Assembleia quer, que é a tarifa de menor preço”, afirma o deputado Arilson (PT), coordenador do colegiado. 

    O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB) explica que os paranaenses vêm demonstrando uma grande contrariedade ao modelo proposto pelo Governo Federal. “É um posicionamento majoritário. Não há espaço para a cobrança de taxa de outorga, que é um novo tributo a ser cobrado dos paranaenses. São valores que vão impactar e manter as tarifas altas no Paraná. Queremos um processo transparente, competitividade, tarifas baixas e obras”, diz Romanelli.

    Veja:

     

     


    LOTE

    A região de Apucarana está no lote 3 da concessão que tem cerca de 560 quilômetros nas BR-369, BR-376, PR-090, PR-170, PR-323 e PR-445 com sete praças de pedágio, cinco existentes e duas novas (Londrina e Califórnia/Apucarana).

    Os atuais contratos de concessão dos 2.500 quilômetros do Anel de Integração se encerram em novembro e as novas licitações estão previstas para este ano

     

    Deputados e comunidade debatem em Apucarana novo modelo de pedágio
    Foto por Reprodução
     


    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Deputados e comunidade debatem em Apucarana novo modelo de pedágio"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.