Apucarana

Consumo de água: Apucarana e região entram em alerta

Conforme a necessidade, serão utilizados caminhões pipa para dar suporte ao abastecimento

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Consumo de água: Apucarana e região entram em alerta
fonte: Pixabay\ ilustração

A falta de chuvas regulares, as temperaturas mais elevadas e o consequente aumento no consumo de água, especialmente neste período de festas e férias escolares, colocam os sistemas das regiões dos vales do Ivaí e Paranapanema em alerta a partir desta terça-feira (21), informou o Sanepar. Na região haverá rodizio no abastecimento. 

continua após publicidade

A Sanepar informou que neste momento, o alerta de alto consumo vale para 10 cidades:  Apucarana, Rosário do Ivaí, Califórnia, Jardim Alegre, Faxinal, Jandaia do Sul, Mauá da Serra, Arapongas, Rolândia e Sabáudia. Conforme a necessidade, serão utilizados caminhões pipa para dar suporte ao abastecimento.

"É preciso entender, é necessário fazer o uso racional de água. Devemos usar a água com inteligência, parcimônia, evitar desperdício, evitar de lavar  carros, calçadas, fachadas, jardins, até que a situação se normalize. É recomendado reutilizar a água da lavagem e do enxágue de roupas. Reduza especialmente o tempo no banho Estamos tendo uma estiagem prolongada de dois anos, e essa situação vem se agravando e não está ocorrendo a reposição, essas cidades, os moradores, devem colaborar evitando o desperdício, fazendo o uso racional", destaca Antônio Gil Gameiro, Gerente Geral da Sanepar da Região Nordeste.

continua após publicidade

De acordo com o comportamento do consumo, pode ocorrer redução de pressão ou desabastecimento temporário em horários de pico, ou em dias nos quais, tradicionalmente, as atividades de limpeza doméstica estão concentradas, ou seja, sexta e sábado. Gil ainda alertou para o uso racional de água durante as festas de final de ano. O consumo elevado pode provocar o desabastecimento pontual. "É isso que a Sanepar pede nesse momento, uso racional. Temos que entender que o consumo, tem uma produção de reserva, de levar água do rio a residência, agora com as comemorações do Natal, ano novo, elevado calor, situação de estiagem, o consumo aumenta, a população faz uso acima do patrão e isso pode causar falta de água pontual", explica. 

REGIÃO NORDESTE - Na região do Norte Velho, cinco municípios também estão com alerta de alto consumo. São eles, Leópolis, Curiúva, São Sebastiao da Amoreira, os distritos de Panema (em Santa Mariana) e de Triolândia (em Ribeirão do Pinhal).

Situação é mais grave no Norte Pioneiro, onde a estiagem e a queda significativa dos níveis dos mananciais exigiram a implantação de rodizio no abastecimento, até que as chuvas voltem. No rodízio, a cidade é dividida em setores (grupo de bairros), que ficam sem o fornecimento de água num período e com água em outro. Nesta terça-feira (21), o rodízio foi implantado em Santo Antônio da Platina e, amanhã (22), será a vez de Carlópolis e Quatiguá. 

Todos os esforços estão sendo feitos para possibilitar que nas vésperas e feriados de Natal e Ano Novo, dias 24 e 25, 31 de dezembro e 1º de janeiro, não haja interrupção do fornecimento de água, enfatiza a Sanepar.