Apucarana

Conselho estadual conhece programas de Apucarana na alimentação

No segundo dia do evento está incluída a visita técnica dos conselheiros municipais, regionais e estaduais, aos programas desenvolvidos por Apucarana

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Junior da Femac relacionou os programas municipais que contribuem para a alimentação
fonte: ASSESSORIA
Junior da Femac relacionou os programas municipais que contribuem para a alimentação

Reunindo participantes de 28 municípios do estado, Apucarana está sediando nesta segunda (13) e terça-feira (14), a reunião do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, no Cine Teatro Fênix. “A descentralização do evento, que costuma ser realizado na capital do estado, é um reconhecimento dos esforços e avanços do nosso município na política de garantir alimento na mesa daqueles que mais precisam”, afirma o presidente Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Apucarana (Consea), David de Brito.

continua após publicidade

Além de discutir estratégias para desenvolver de forma efetiva e permanente ações relacionadas à segurança alimentar e nutricional nos municípios, a programação do evento incluiu audiência pública na qual Apucarana oficializou adesão ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN), assinada pelo prefeito Junior da Femac.

O SISAN é um sistema de gestão intersetorial de políticas públicas, participativo e de articulação entre os três níveis de governo para a implementação e execução das políticas de segurança alimentar e nutricional. “Entre outros fatores positivos, a adesão ao SISAN é uma forma de garantirmos recursos, em especial do governo estadual, nesta área de política pública. O muito que temos feito em Apucarana foi com recursos municipais”, observa Junior da Femac.

continua após publicidade

Junior da Femac relacionou os programas municipais que contribuem para a alimentação. “Inauguramos o Restaurante Popular há uma semana, com refeição a R$ 2. Temos a melhor merenda escolar do Paraná, estruturada com produtos do Programa Terra Forte. A prefeitura mantém o Centro Pop que serve uma média de 1.500 refeições por mês; e o Centro Dia que serve alimentos aos idosos. Em outra frente, o município repassa cestas de alimentos para diversas entidades sociais, que contemplam um número significativo de famílias. E, concluindo, mantemos também a entrega mensal de centenas de cestas básicas para famílias cadastradas nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS)”, assinala o prefeito Junior da Femac, frisando que “ninguém passa fome em Apucarana”.

“A alimentação adequada é um direito fundamental do ser humano, sendo assim é essencial que o Poder Público adote políticas e ações para promover e garantir a segurança alimentar e nutricional das pessoas em situação de vulnerabilidade”, acrescentou o prefeito .

Outro ponto alto do evento foi a apresentação pela secretária municipal da Assistência Social, Ana Paula Nazarko, do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Apucarana que visa ampliar o acesso regular às famílias em situação de insegurança alimentar ao atendimento socioassistencial, principalmente aquelas identificadas no sistema do CADÚNICO.

continua após publicidade

A presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado do Paraná, Roseli Pittiner, destacou a importância do evento diante do crescente número de pessoas que passa fome no país. “Em 2019, eram 19 milhões de brasileiros passando fome todos os dias. Em 2022 são 33 milhões. Mais do nunca precisamos de programas, não só social, mas também que promovam, por exemplo,  a agricultura familiar. Temos que garantir o acesso ao alimento de todas as formas possíveis, dentro da realidade de cada município”, afirmou. Roseli.

No segundo dia do evento está incluída a visita técnica dos conselheiros municipais, regionais e estaduais, aos programas desenvolvidos por Apucarana na área da segurança alimentar e nutricional da população vulnerável. “Eles vão conhecer o que o município vem fazendo para chegar o alimento na casa das pessoas. Serão visitados, por exemplo, a ação da Feira Verde, o Espaço das Feiras, o Restaurante Popular, o Programa Terra Forte, entre outras ações

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News