Apucarana

Conferência debate o direito das pessoas com deficiência

Prefeito esteve presente e manifestou total apoio da administração municipal para as deliberações que forem estabelecidas

Da Redação ·

Nesta terça-feira (5), o prefeito Júnior da Femac participou, na sede da Associação dos Deficientes Físicos de Apucarana (Adefiap), da abertura dos trabalhos da 5ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Uma realização do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, os trabalhos seguem nesta quarta-feira (06) tendo no centro das discussões o “Cenário Atual e Futuro na Implementação dos Direitos das Pessoas com Deficiência” e o “Direito à Inclusão das Pessoas com Deficiência”.

continua após publicidade

Citando a passagem bíblica (João 10:10) onde Jesus diz: “eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”, Júnior fez um paralelo com a importância da construção de uma “cidade para todos”. “A razão de existir de uma cidade é a população, são as pessoas. E é isso que buscamos em Apucarana, construir uma cidade onde todos se sintam parte dela, e não excluídos. E neste cenário as conferências municipais são momentos onde discussões relevantes para a construção da cidade afloram e as deliberações acontecem com participação efetiva da sociedade, por isso têm sempre o total apoio da prefeitura”, salientou o prefeito Júnior da Femac.

O que for produzido e sugerido na conferência em prol da pessoa com deficiência e for de responsabilidade municipal, disse o prefeito de Apucarana, será encampado pela administração municipal. “Na construção de cidade que inclui a todos existem basicamente dois grandes desafios: pensar sempre à frente para que erros não sejam acumulados e propor correção do que vem errado lá detrás”, disse Júnior da Femac.

continua após publicidade

Júnior falou ainda da importância de valorização das pessoas. “O ser humano é cheio de potenciais. Convivo com um fantástico, o meu pai Tião da Femac, e sou testemunha de que a deficiência dele nunca o limitou de nada. Em meio a tantos outros, também temos o exemplo do nosso medalhista olímpico, o paratleta da canoagem Giovane Vieira, que acumula uma lição de vida para todos”, citou o prefeito.

O primeiro dia de conferência contou ainda com palestra da assistente social Liana Lopes Bassi, que é avó de uma criança de cinco anos de idade com Síndrome de Down, que abordou aspectos relacionados ao tema central do evento, a presença do vereador Rodrigo Liévore (Recife), que representou a Câmara Municipal de Apucarana, e a superintendente da Secretaria da Assistência Social, Eliana Rocha, que falou em nome da secretária Ana Paula Nazarko, que cumpria outra agenda oficial no momento da abertura da conferência, além da presidente do CMDPC, Sandra Regina de Lima.

“A maioria dos vereadores apoia a Gestão Júnior da Femac pois está vendo que Apucarana continua a avançar. Viajo o Paraná e posso dizer que são poucos os prefeitos que estão preocupados com todas as causas de uma cidade, como aqui acontece. O conselho representativo da Pessoa com Deficiência, a Adefiap, também podem contar com todo o apoio da Câmara de Vereadores”, disse Recife citando o presidente da Câmara, vereador Franciley Poim.

A 5ª Conferência dos Direitos da Pessoa com Deficiência segue nesta quarta-feira, a partir das 13h30, na Adefiap, com a discussão de três eixos temáticos: Eixo 1: Estratégias para manter e aprimorar o controle social assegurada à participação das pessoas com deficiência; Eixo 2: Acesso das pessoas com deficiência para a construção de Políticas Públicas; Eixo 3: Financiamento de Políticas Públicas para a pessoa com deficiência; Eixo 4: Acessibilidade e Tecnologia Assistiva.