Mais lidas

    Apucarana

    Mais Vida Animal

    Comodato entre Soprap e AMS garante início do Programa

    Comodato entre Soprap e AMS garante início do Programa
    Foto por Edson Denobi
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 31.03.2021, 18:15:04 Editado em 31.03.2021, 18:15:27
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A posse do imóvel e das instalações do canil municipal, com destaque ao centro cirúrgico, de propriedade da Sociedade Protetora dos Animais (Soprap), ficam sob responsabilidade da Autarquia Municipal de Saúde da Prefeitura de Apucarana (AMS) até dezembro de 2024. O contrato de comodato entre as partes, que na prática garante o início operacional do Programa Mais Vida Animal, foi celebrado nesta quarta-feira (31/03) em ato no gabinete do prefeito Júnior da Femac.

    “A Soprap sempre foi parceira da prefeitura e, com esse comodato, assumimos a responsabilidade total pelo local, incluindo todos os equipamentos do centro cirúrgico que também pertencem à Soprap. Agradecemos a confiança da atual diretoria e podem ter a certeza de que faremos bom uso, estendendo ainda mais o atendimento veterinário aos animais de Apucarana”, disse o prefeito Júnior da Femac.

    O documento de comodato foi assinado pela presidente da Soprap, Andréia Carla Sorpilli, que no ato esteve acompanhada de Isamélia Balan, ex-presidente e membro da atual diretoria. Também acompanharam a agenda o vice-prefeito Paulo Sérgio Vital e o coordenador do Centro Municipal de Saúde Aninal (Cemsa), Luam Rafael da Silva Santos. “Somos uma instituição que não recebe verbas governamentais. Todas nossas ações são financiadas com doações e trabalho de voluntários. Quando fechamos o mês, não sabemos se vamos conseguir o mesmo no próximo, e agora com a celebração deste comodado, a Soprap continuará com sua missão, mas passa da condição de “ajudada’ a “quem presta ajuda”, e isso é algo muito gratificante”, pontuou Andréia.

    O Programa Municipal Mais Vida Animal da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) vai ampliar a oferta de castração gratuita de cães e gatos (machos e fêmeas) tutelados por famílias de baixa renda e inscritas no CadÚnico do Governo Federal, garantir repasse periódico de ração a cuidadores independentes e tratamento médico veterinário a animais de rua, vítimas de abandono ou violência, através de clínicas particulares credenciadas. “Com certeza é uma iniciativa que tem tudo para prosperar, por isso concordamos em ceder, em regime de comodato, toda nossa estrutura. É um programa muito bonito, pensado para atender os animais carentes, dando todo amparo necessário da qual a Soprap também será parceira”, disse Isamélia.

    Ela explica que até a celebração do contrato foram três meses de planejamento. “Ainda na campanha eleitoral procuramos todos os candidatos a prefeito para saber das propostas para a proteção animal. O então candidato Júnior da Femac apresentou o “Mais Vida Animal” e até se propôs a encaminhar para a câmara projeto destinando recursos para contribuir com o trabalho de manutenção do canil realizado pela Soprap. Contudo, explicamos ao prefeito à impossibilidade de gerenciarmos a prestação de contas destes recursos públicos por não termos uma estrutura humana e administrativa, pois atuamos essencialmente com voluntários. Diante disto, o prefeito Júnior prontamente abraçou a causa e propôs assumir o canil, o que está sendo oficializado com esse contrato. Tenho a certeza de que o programa será um sucesso, pois o município conta com profissionais de grande competência no setor”, avaliou Isamélia Balan, membro da Soprap.

    Mais vida animal – Com o início do programa, o canil passa a ser chamado de Centro Municipal de Saúde Animal (Cemsa). Além da Autarquia Municipal de Saúde (AMS), a iniciativa conta com envolvimento das secretarias Municipais de Meio Ambiente, Assistência Social e Gestão Pública, Polícia Militar do Paraná (PM/PR) e Guarda Civil Municipal (GCM).

    O cadastramento para castração gratuita será feito a partir dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS). “Para ter direito ao benefício a pessoa deverá estar cadastrada no CadÚnico e ter renda familiar mensal de até meio salário-mínimo por pessoa. O número de castração também é limitada a duas ao ano por família”, explica Luan Rafael da Silva Santos, coordenador do Cemsa. O orçamento do programa para este ano, aprovado pelos vereadores, é de R$500 mil. Mais informações 3901-1051.

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Comodato entre Soprap e AMS garante início do Programa"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.