Apucarana

Comarca de Apucarana terá 1.080 mesários nas eleições deste ano

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Comarca de Apucarana terá 1.080 mesários nas eleições deste ano
Comarca de Apucarana terá 1.080 mesários nas eleições deste ano

A Justiça Eleitoral de Apucarana, que abrange também os municípios de Cambira e Novo Itacolomi, informou que ao todo 1.080 mesários irão trabalhar nas Eleições marcadas para 15 de novembro de 2020. Ainda de acordo com a Justiça Eleitoral, serão 98 administradores de prédio e 84 auxiliares de serviços eleitorais. Todos eles foram nomeados pela juíza eleitoral Ornela Castanho, da 28ª Zona Eleitoral.

continua após publicidade

Neste ano, serão necessários, aproximadamente, 85 mil mesários, entre convocados e voluntários, para possibilitar o exercício do voto dos 8,1 milhões de eleitores aptos a participar do pleito no Paraná. Em meio ao cenário de pandemia de Covid-19, a Justiça Eleitoral estará tomando todas as medidas necessárias para garantir a segurança dos mesários e eleitores nas eleições.

Conforme o Calendário Eleitoral, definido pela Resolução TSE nº 23.627/2020, 16 de setembro, 60 dias antes das eleições, é o prazo final para a nomeação dos membros das mesas receptoras e do pessoal de apoio logístico para o primeiro e eventual segundo turnos de votação (15 e 29 de novembro, respectivamente).

continua após publicidade

Os mesários voluntários ou convocados têm direito avantagens previstas na legislação, tais como:

- Auxílio alimentação no(s) dias(s) de votação no valor de R$ 35,00 (trinta e cinco reais) por dia trabalhado;

- Critério de desempate para provimento de cargos em concurso público, quando previsto no edital;

continua após publicidade

- Direito a dois dias de folga por dia trabalhado (incluindo o dia do treinamento), sem perda do salário;

- Isenção de pagamento de taxas em concursos públicos realizados pela administração pública direta e indireta, autarquias, fundações públicas e entidades mantidas pelo Poder Público Estadual (Lei 19.196/2017);

- Validação da prestação de serviço como 30 horas complementares (ou 60, se houver segundo turno) nas instituições de ensino conveniadas ao Projeto Universidade Amiga.