Com restrições de acesso, prefeitos tomam posse - TNOnline
Mais lidas

    Apucarana

    ELEIÇÕES

    Com restrições de acesso, prefeitos tomam posse

    Foto por Reprodução
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    Tomam posse nesta dia 1º de janeiro de 2021 os prefeitos, vices e vereadores eleitos e reeleitos no pleito municipal realizado no dia 15 de novembro de 2020. Em uma eleição marcada pela pandemia do coronavírus, fazendo até com que a data do pleito fosse mudada pela Justiça Eleitoral, as cerimônias de posse não poderiam fugir desta regra. Todas elas serão feitas com restrições e boa parte delas será transmitida pela internet, para evitar a propagação do vírus.

    Os municípios da região vão adotar posturas semelhantes com relação às cerimônias. Só será permitida a entrada dos eleitos e, na maior parte das cidades, com apenas um convidado. Também estará presente, ainda que em número reduzido, a equipe do cerimonial. O número total de pessoas nos eventos de posse irá girar entre 50 e 150.

    Em Apucarana, a assessoria do município informou que a cerimônia de posse de Junior da Femac, do vice Paulo Vital e dos 11 vereadores será no Cine Teatro Fênix, às 10 horas. No entanto, só 100 pessoas terão acesso ao local. O cerimonial vai ser transmitido ao vivo pelas redes sociais da prefeitura.

    Em Arapongas, a posse de Sérgio Onofre e do vice, Jair Milani, será na Câmara de Vereadores da cidade, no dia 1º de janeiro, às 10 horas, e será permitida somente a presença dos diplomados com mais uma pessoa convidada.

    Em Ivaiporã, a posse de Luiz Carlos Gil e do vice, Marcelo Reis, acontece às 10 horas, na Câmara de Vereadores. Será permitida somente a presença dos eleitos e um convidado cada.

    A posse de Lauro Junior e do vice, Fifa, em Jandaia do Sul será às 9 horas, no Auditório Municipal, que fica ao lado da prefeitura. Cada vereador, prefeito e vice poderá convidar até 10 pessoas para participar da cerimônia. No total, são esperadas no máximo 140 pessoas, uma das maiores cerimônias da região.

    As incógnitas ficam por conta de Califórnia e Faxinal. Nos dois municípios, os prefeitos reeleitos Paulinho Moisés e Gallo estão internados em Londrina com coronavírus . As cerimônias nas duas cidades acontecem nas Câmaras de Vereadores, mas as presenças dos dois prefeitos não estão confirmadas.

    A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) publicou no dia 22 deste mês as recomendações para as cerimônias. A orientação é que sejam realizadas por videoconferência. Mas, caso seja optado pelo evento presencial, deve-se atender as medidas como distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel.

    O índice de renovação das prefeituras da região neste ano ficou em 48%. Ou seja, na maior parte das cidades, os eleitores votaram pela continuidade do trabalho dos atuais prefeitos. Dos 29 municípios da região de Apucarana, 14 trocam de prefeito em 2021.

    A região terá apenas duas mulheres no comando de prefeituras: Carla Emerenciano, em São João do Ivaí, e Maria Della Rosa, em São Pedro do Ivaí.

    A região conta ainda com o único prefeito eleito a se declarar preto do Sul do país: Adauto Mandu, em Lidianópolis. Houve ainda uma situação inusitada: Edmilson Stencel só tomará posse em Kaloré por ser mais velho do que a adversária Rita Couto. Eles empataram em votos e a idade é o primeiro critério de desempate.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "Com restrições de acesso, prefeitos tomam posse"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.