Apucarana

Colégio apura caso de assédio em Apucarana; entenda

A situação gerou uma movimentação por parte de alguns alunos, que chegaram a realizar uma manifestação na tarde desta quarta-feira (03) para chamar a atenção para o tema

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Colégio apura caso de assédio em Apucarana; entenda

A direção do Colégio Estadual Heitor Cavalcanti de Alencar Furtado, de Apucarana, está investigando uma denúncia de assédio contra uma aluna de 15 anos. A situação gerou uma movimentação por parte de alguns alunos, que chegaram a realizar uma manifestação na tarde desta quarta-feira (03) para chamar a atenção para o tema. O colégio irá instaurar uma Comissão Disciplinar Discente para apurar o ocorrido.

continua após publicidade

De acordo com a professora Rute Buratto, da Rede de Proteção à Criança e Adolescente do Núcleo Regional de Educação (NRE) de Apucarana, a diretora do colégio levou a situação até o NRE na última sexta-feira (03), dia em que o assédio teria acontecido. 

“Fomos notificados a respeito da situação no mesmo dia do ocorrido. Uma aluna teria ido até a direção relatando que um aluno teria apalpado as nádegas dela no corredor do colégio, enquanto ela entrava no banheiro, mas não soube dizer quem foi. Desde então, estou acompanhando o caso e estive nesta quarta-feira no colégio para conversar com os alunos. Eles querem que o responsável pelo assédio seja identificado e punido”, disse a representante do NRE.

continua após publicidade

A diretora do colégio Erika Heracléia Simões Zan Dal afirma que todas as medidas cabíveis para o assunto foram tomadas de imediato. 

“Logo que a aluna relatou a situação, a família dela foi chamada para uma conversa. Além disso, já entramos em contato com um técnico para que as imagens de câmeras de segurança do colégio sejam analisadas, na tentativa de identificar o responsável. Também estamos planejando trazer algum especialista no assunto para realizar um trabalho pedagógico com a comunidade escolar, trazer essa discussão e aprofundar o assunto com professores e alunos”, informou a diretora.

O colégio publicou uma nota nas redes sociais, repudiando a prática de assédio, dentro e fora das dependências escolares. Leia na íntegra:

continua após publicidade

 

Colégio apura caso de assédio em Apucarana; entenda fonte: Reprodução