Cisvir levanta demanda de consultas na região para realizar mutirões - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

SAÚDE

Cisvir levanta demanda de consultas na região para realizar mutirões

Foto por TNOnline
Escrito por Aline Andrade
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir) está realizando um levantamento junto aos 18 municípios que integram o órgão para organizar mutirões especialidades e diminuir as filas de demanda reprimida por consultas na região. Fechado em março por conta da pandemia, o Cisvir retomou as atividades no dia 15 de junho com 30% da capacidade de atendimento e prioridade para pacientes considerados de alto risco. 

Segundo a coordenadora do Cisvir Letícia Cristina Berto, desde o decreto estadual suspendendo as atividades por conta da pandemia, houve um planejamento para definir estratégias para os atendimentos. “Nos reunimos para planejar como iríamos passar por esta fase, afinal é tudo muito novo para todos. Os atendimentos para pacientes de alto risco foram mantidos e, a partir da retomada em junho, fomos aumentando nossa capacidade gradativamente. Agora, em outubro, podemos dizer que já estamos operando com 60% da nossa capacidade de atendimento”, destacou. Quanto as cirurgias eletivas, a retomada deve ser mais lenta. De acordo com a coordenadora, os atendimentos dependem das agendas dos hospitais. “Dependemos exclusivamente da disponibilidade dos centros cirúrgicos, respeitando a capacidade de atendimento de cada local, lembrando que todos os esforços neste momento estão focados no combate a pandemia. É importante ressaltar que essas cirurgias não são consideradas de urgência”, frisou Letícia. Ainda de acordo com a coordenadora, os especialistas mais procurados para consultas são da área de neurologia, vascular, endocrinologia e reumatologia. “Justamente as demandas em que temos dificuldades para encontrar profissionais, o que faz com que o tempo de espera aumente ainda mais”, pontuou. Para o mutirão, que deve ocorrer ainda neste ano, estão previstos atendimentos nas especialidades de oftalmologia, cardiologia, ortopedia, gastrenterologia e exames como ultrassom e endoscopia. 

FILA DE ESPERA O mutirão de especialidades deve desafogar a demanda de pacientes na região. Municípios como Jandaia do Sul, têm hoje 2.212 pacientes aguardando por consultas com especialistas. No caso das cirurgias eletivas, a fila é de 52 pacientes. Cambira também tem uma alta demanda reprimida: são 742 pessoas que aguardam por consultas e 37 na fila por cirurgias eletivas. Em Apucarana, cerca de 200 pacientes aguardam por cirurgias através do Cisvir. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Cisvir levanta demanda de consultas na região para realizar mutirões"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.