Apucarana

Ciclovia “Irmo Celso Vidor” em Apucarana recebe asfalto

A ciclovia faz parte do projeto de integração urbana da prefeitura

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Ciclovia “Irmo Celso Vidor” em Apucarana recebe asfalto
fonte: Prefeitura
Ciclovia “Irmo Celso Vidor” em Apucarana recebe asfalto

A construção da ciclovia “Irmo Celso Vidor” acaba de entrar em uma nova fase. A obra é realizada pela Prefeitura de Apucarana em um trecho de 2,7 quilômetros entre o monumento do “bonezão”, região do Parque Industrial Zona Norte, até a Facnopar, na divisa com Arapongas.

continua após publicidade

A via exclusiva para a prática do ciclismo recebe revestimento de concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) – material durável e de fácil manutenção – ao longo da Avenida Zilda Seixas Amaral, atendendo ao padrão exigido pela legislação de trânsito. A faixa, que terá 2,7 metros de largura com sinalização de mão dupla (ida e volta), é implantada entre a BR-369 e a via marginal do Parque Industrial Norte.

A ciclovia faz parte do projeto de integração urbana da prefeitura, que visa fomentar a ocupação ordenada de novos espaços urbanos, oferecendo mais mobilidade e equipamentos urbanos mais atraentes. O investimento da obra é de cerca de R$ 450 mil, com recursos municipais.

continua após publicidade

Um centro de apoio ao usuário será criado junto ao bonezão, onde o ciclista vai poder parar para descansar e ter acesso a bicicletário, água, tomada para carregamento de celular e outros equipamentos eletrônicos.

O prefeito Junior da Femac explica que o trecho entre o bonezão e a faculdade foi escolhido para dar início ao projeto de ciclovias no município. “Observamos neste trecho um expressivo número de ciclistas e de trabalhadores e, em breve, todos poderão transitar no local com maior segurança”, pontua o prefeito.Com previsão de execução de 120 dias, a obra da ciclovia “Irmo Celso Vidor” foi iniciada no começo de julho e está dentro do cronograma. Após o asfalto será realizado serviço de pintura e sinalização.Projeto de ciclovias

As ciclovias fazem parte do projeto de integração de áreas urbanas, concebido pelo Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan). A proposta prevê dotar 27 quilômetros de rodovias com ciclovia, calçada, iluminação de LED centralizada, arborização e paisagismo, pontos de apoio para ciclistas e pontos de ônibus, além de todo aparato de sinalização vertical e horizontal, e passarelas em alguns locais estratégicos.

As ciclovias e outras melhorias também estão previstas para o Contorno Sul; na BR-376 (saída para Curitiba); e na BR-369, a partir do acesso ao Núcleo Habitacional João Paulo, na saída para Maringá.