Câncer de mama faz 55 vítimas na 16ª RS de Apucarana - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

OUTUBRO ROSA

Câncer de mama faz 55 vítimas na 16ª RS de Apucarana

Foto por
Escrito por Cindy Santos
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Levantamento da 16ª Regional de Saúde aponta o câncer de mama como a causa da morte de 55 mulheres entre janeiro de 2019 (38), até agosto deste ano (17). Entretanto, no comparativo entre os anos houve redução de 32% no número de óbitos, com 25 registros entre janeiro a agosto de 2019, e 17 no mesmo período de 2020. 

O levantamento também mostra que 58,8% das vítimas tinham idade acima dos 60 anos, 29% entre 40 e 59 anos e 11,7% tinham entre 20 e 39 anos. Mesmo com redução, especialistas consideram a quantidade de mortes preocupante e destacam a importância do diagnóstico precoce sobretudo no mês do Outubro Rosa, marcado pelas ações de conscientização contra o câncer de mama. “A gente trabalha e faz um esforço muito grande para que não tivéssemos nenhum óbito no que se refere ao câncer de mama, porque é uma patologia com possibilidade de diagnóstico precoce”, assinala o chefe da 16ª RS, Altimar Carletto. 

Sobre a redução no número de mortes ele avalia que pode ter relação com o diagnóstico precoce e a disponibilidade de serviços de referência em oncologia no Hospital da Providência, em Apucarana e Hospital Norte do Paraná (Honpar), em Arapongas, entre outros. “Todo o pessoal da saúde pública tem se empenhado muito no sentido de dar o melhor atendimento possível, nos melhores prazos possíveis”, assinala.

Já na opinião do oncologista Cristiano Argenti, qualquer avaliação sobre dados estatísticos e epidemiológicos para o ano de 2020 estará comprometida pela pandemia da Covid-19. De acordo com ele, a Sociedade Brasileira de Patologia estima que mais de 50 mil pessoas deixaram de receber o diagnóstico de câncer pelo cancelamento das cirurgias durante a pandemia. “Penso que tanto o número de casos quanto o de mortes devem estar subestimados no ano 2020, devido a pandemia. Principalmente pela falta do diagnóstico que deveria ter sido feito, em decorrência ao cancelamento de biópsias e cirurgias. Portanto, acredito que a redução no número de mortes por câncer de mama possa estar mascarada”, acredita. 

Diagnóstico precoce aumenta chance de cura

O oncologista explica que a doença o diagnóstico precoce aumenta a chance de cura do câncer de mama. Como prevenção, Argenti orienta o autoexame, vista regular ao médico e a adoção de hábitos saudáveis, com uma dieta rica em frutas e vegetais, com a prática de atividades físicas. “Levar uma vida sem estresse na medida do possível. E principalmente, realizar visitas periódicas ao seu médico de confiança, mantendo os exames periódicos com a mamografia em dia. Realizar o autoexame das mamas, para conhecer o seu corpo e em qualquer mudança ou alteração comunicar o médico”, orienta.

A mesma orientação vale para os homens. Mesmo que raro, o câncer de mama também pode ser diagnosticado nos homens. “O tratamento do câncer de mama no homem caracteriza-se no mesmo empregado às mulheres, ou seja, com cirurgia, e quando indicado, quimioterapia e radioterapia. Portanto os homens também devem ficar atentos a alterações em suas mamas, como nódulos ou caroços”, alerta o oncologista.

De acordo com ele, o câncer de mama não tem uma causa única. São vários fatores que podem aumentar o risco, como fatores endócrinos, comportamentais, ambientais, história reprodutiva e fatores genéticos ou hereditários. Ainda segundo o especialista, existe uma forte associação de aumento de risco para o desenvolvimento do câncer de mama com a idade, principalmente em mulheres a partir dos 60 anos que estejam na menopausa.

 

Deixe seu comentário sobre: "Câncer de mama faz 55 vítimas na 16ª RS de Apucarana"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.