Apucarana

Câmeras ajudam bombeiros no atendimento a ocorrências

Ao receber a chamada, o operador consegue visualizar em tempo real a situação no local da ocorrência.

Da Redação ·

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, visitou nesta quarta-feira (23) o Centro de Operações Bombeiros Militares (Cobom), localizado no quartel central do 11º Grupamento de Bombeiros, na Rua Ponta Grossa. Acompanhado do tenente-coronel  Fábio Roberto de Azevedo Thereza e equipe, o prefeito acompanhou na prática o funcionamento do sistema.

continua após publicidade

O Corpo de Bombeiros é um dos órgãos que têm acesso ao Sistema Municipal de Monitoramento por Câmeras. Ao receber a chamada, o operador consegue visualizar em tempo real a situação no local da ocorrência, definindo com maior precisão a quantidade de bombeiros a serem deslocados, bem como o tipo de viatura e os equipamentos necessários.

De acordo com o prefeito, o sistema de tecnologia virtual foi criado através de uma parceria público-privada, entre o Município e a empresa Ômega Consultoria Empresarial Ltda. “As imagens já vinham sendo utilizadas pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar, sendo uma importante aliada na investigação de crimes. Há cerca de três meses, elas também passaram a ser utilizadas pelos bombeiros, dinamizando o atendimento das ocorrências”, pontua Junior da Femac.

continua após publicidade

Segundo o comandante do 11º Grupamento de Bombeiros, as câmeras conseguem cobrir diversos pontos da cidade e dão uma dimensão mais precisa da ocorrência em tempo real. “Conseguimos acionar as equipes sabendo o que está acontecendo no local. No caso de um acidente, é possível saber qual a gravidade e o número de vítimas. Já no caso de um incêndio, conseguimos ter uma dimensão das proporções e monitorar a situação em tempo real”, frisa o tenente-coronel.

O Cobom recebe dezenas de chamadas diariamente e o monitoramento por câmeras também permite uma comunicação melhor entre quem faz a chamada e o operador da central. “As pessoas fazem a chamada e muitas vezes não conseguem explicar com exatidão o local e a tecnologia nos ajuda a ter maior precisão da localização da ocorrência, o que garante mais agilidade e dinamismo no atendimento”, reforça Azevedo.

Além de conhecer o Cobom, o prefeito Junior da Femac também visitou as obras de ampliação do quartel central, viabilizadas com recursos municipais e também do governo do Estado. “Em torno de 90% do cronograma já foi executado e, por causa da pandemia, é prudente aguardar o melhor momento para a entrega oficial da obra. A ampliação é de suma importância, especialmente após a elevação da unidade a grupamento, adequando o espaço às novas demandas”, destaca Junior da Femac, acrescentando que o local também vai abrigar em breve uma escola de formação de bombeiros, sendo que boa parte dos formandos será destacada para trabalhar no próprio grupamento após a conclusão do curso.