Apucarana

Câmara mantém medidas restritivas até 1º de julho

As sessões da Câmara continuam sendo realizadas sem a presença de público e também da imprensa

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Câmara mantém medidas restritivas até 1º de julho
Câmara mantém medidas restritivas até 1º de julho

O presidente da Câmara de Apucarana, vereador Franciley Preto Godói Poim (PSD), assinou na tarde de segunda-feira (14), Ato da Mesa Executiva que mantém a suspensão do atendimento presencial no âmbito do Legislativo até o dia 1º de julho.

continua após publicidade

Ou seja, as sessões da Câmara continuam sendo realizadas sem a presença de público e também da imprensa, ficando restritas apenas aos vereadores e a alguns servidores que dão apoio aos trabalhos internos.

Segundo Poim, as medidas restritivas seguem com o objetivo de diminuir a circulação de pessoas nas dependências da Câmara, a fim de evitar a propagação da Covid-19. Vale lembrar que nas últimas semanas dois vereadores – Mauro Bertoli (DEM) – e Moisés Tavares (Cidadania) – além de dois servidores testaram positivo para Covid. Todos cumpriram quarentena através de isolamento social em suas casas para tratamento dos sintomas e já estão recuperados. 

continua após publicidade

“Assim como o Governo do Estado, através do governador Ratinho Júnior e do secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, e o Executivo Municipal, através do prefeito Junior da Femac, estamos preocupados com o alarmante crescimento de casos e óbitos por conta da Covid-19 em nossa cidade, no Estado e no País. Mas o trabalho não pode parar e por isso vamos continuar com o expediente interno na Câmara, restringindo o atendimento presencial e evitando assim a circulação de muitas pessoas pelo prédio”, justifica o presidente da Câmara. 

Poim destaca que até o início do recesso parlamentar, que acontece em todas as Câmaras do Brasil em julho, serão realizadas mais três sessões, incluindo a desta segunda-feira (ontem). “Nas sessões, em plenário, teremos apenas a presença dos parlamentares e dos servidores que forem convocados para o trabalho. Os demais continuam em seus departamentos realizando as tarefas diárias”, explica o presidente. Com relação a imprensa e demais pessoas, o acompanhamento das sessões poderá ser feito somente de forma virtual.

Durante o período de restrição, que segue até do dia 1º de julho, o atendimento à comunidade na Casa de Leis será feito através do telefone (43) 3420 7000, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, ou, através do site oficial www.apucarana.pr.leg.br