Apucarana

Câmara de Apucarana pede retorno de horários de ônibus

Segundo Marcos da Vila Reis, têm pessoas que trabalham até por volta das 20 horas, porém acabam ficando num ponto de ônibus até as 22 horas

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Câmara de Apucarana pede retorno de horários de ônibus
fonte: Reprodução

A Câmara de Apucarana vai pedir à Viação Apucarana Ltda que sejam retomados os horários normais de ônibus, tanto durante a semana, como nos finais de semana e feriados, conforme cronograma que era cumprido antes da pandemia da Covid-19. Um requerimento neste sentido, proposto de forma verbal na sessão ordinária desta segunda-feira (21) pelo vereador Marcos da Vila Reis (PSD), será assinado também pelos vereadores Lucas Leugi (PP) e Mauro Bertoli (DEM), os quais alegam ter recebido reclamações de muitos trabalhadores. Cópia do documento também será enviada ao Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan) de Apucarana, para que o assunto seja analisado em conjunto com a administração municipal.

continua após publicidade

Segundo Marcos da Vila Reis, têm pessoas que trabalham até por volta das 20 horas, porém acabam ficando num ponto de ônibus até as 22 horas para conseguirem voltar para casa, o que ele considera “uma situação muito ruim”. Para Bertoli, é preciso que haja mais horários de linhas de ônibus no início e no final do dia, principalmente para os distritos e bairros mais distantes do centro da cidade. “Eu também tenho sido procurado por muitas pessoas pedindo mais horários de ônibus em seus respectivos bairros”, disse Mauro Bertoli. Lucas Leugi requer mais pontos de ônibus.

O vice-presidente Mauro Bertoli foi quem presidiu a sessão. O motivo é que o presidente Franciley Preto Godói Poim (PSD) teve que sair às pressas antes mesmo do início da reunião para resolver um problema pessoal.

continua após publicidade

Na sessão foram aprovadas quatro matérias em segundo turno: um projeto de lei do vereador Tiago Cordeiro de Lima (MDB), que concede o título de Cidadão Honorário ao engenheiro civil Luiz Carlos Bracarense Costa; projeto dos vereadores Tiago Lima e Professora Jossuela (PROS), que institui passe livre no transporte coletivo urbano a mulheres em situação de vulnerabilidade que frequentam o Centro de Oficinas da Mulher; um projeto de Jossuela e Luciano Facchiano (PSB) que institui a Política de Prevenção e Combate ao Câncer de Ovário; e um Decreto Legislativo que referenda convênio entre o Município e a Associação Download para uso de um espaço público. 

Em primeira votação foram aprovados projeto de lei do vereador Lucas Leugi que concede título de Cidadão Honorário ao promotor de Justiça Gustavo Fernandes Marinho; projeto do vereador Moisés Tavares (Cidadania) que concede título de Mérito em Tarefas Comunitárias à equipe da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), campus de Apucarana; e dois requerimentos do vereador Lucas Leugi solicitando informações à Senepar sobre implantação de rede de esgoto num trecho da Avenida Governador Roberto da Silveira e à agência dos Correios sobre horário de atendimento ao público.

Por, Edison Costa