Apucarana

Aumento: Etanol está mais caro em Apucarana e Arapongas

Um levantamento feito pela Tribuna em 12 postos de Apucarana e Arapongas aponta aumento de até 9,79% no preço médio por litro, o que representa variação de até R$ 0,42

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Aumento: Etanol está mais caro em Apucarana e Arapongas
fonte: Vitor Flores - TNOline
Aumento: Etanol está mais caro em Apucarana e Arapongas

Um levantamento feito pela Tribuna em 12 postos de Apucarana e Arapongas aponta aumento de até 9,79% no preço médio por litro, o que representa variação de até R$ 0,42. Segundo especialistas, a elevação no preço segue os efeitos da lei da oferta e demanda na economia, devido à baixa produção da safra de cana-de-açúcar em momento com grande procura pelo produto nos estabelecimentos comerciais. A valorização do açúcar no mercado internacional também influenciou a inflação do etanol. 

continua após publicidade

Na quarta-feira (9),  o preço médio do combustível, em seis postos de Apucarana,  estava R$ 4,56 (5,3%) R$ 0,23 mais caro do que há exatamente um mês, quando custava R$ 4,33. Na quarta o valor do produto variava entre R$ 4,49 e R$ 4,67.

Em Arapongas, o litro é comercializado a R$ 4,71, em média. Um aumento de 9,79% em relação a maio quando o valor médio praticado era R$ 4,29. Na quarta-feira o litro do combustível custava entre R$ 4,59 até R$ 4,89. 

continua após publicidade

Para o economista Marcelo Vargas, professor da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus de Apucarana,  o avanço no preço do etanol tem relação com diversos fatores como a safra de cana-de-açúcar afetada pela estiagem no mês passado, a baixa produção do combustível diante do aumento na demanda.

 “A produção da cana, que é utilizada para produção do etanol, foi comprometida pelo período de pouca chuva. Com a oferta do produto em baixa e aumento na demanda, a tendência é que o preço aumente”, analisa. O consumo de açúcar no mercado internacional também tem reflexos no preço o etanol, segundo o economista. Para os produtores fica mais vantajoso vender cana para produção de açúcar do que para produção de etanol. “A valorização do açúcar no mercado internacional faz com que os produtores direcionem a cana para a produção do açúcar”, reitera. 

Vargas observa que o preço da gasolina, que registrou várias altas no início do ano, fez muitos consumidores optarem pelo etanol, o que explica o aumento na procura.

continua após publicidade

Em Apucarana o litro da gasolina é vendido a R$ 5,73, em média, e pode ser encontrada a R$ 5,69 até R$ 5,77. Em Arapongas o litro da gasolina é comercializado a R$ 5,87, em média. O combustível é vendido entre R$ 5,79 até R$ 5,99. Alguns estabelecimentos ofertam descontos por meio de aplicativos. 

“O preço da gasolina está alto o que faz muitos consumidores que têm carro flex optarem pelo etanol no momento do abastecimento”, analisa. 

MOTORISTAS CONSIDERAM PREÇOS ABUSIVOS
As alterações nos preços do litro do etanol e dos demais combustíveis estão cada mais frequentes e tem gerado muitas reclamações entre os consumidores. “Tudo está caro, etanol, gasolina, diesel. A população está se matando de trabalhar, correndo risco de ficar doente os governantes não resolvem nada. Nada funciona neste país”, desabafa o apucaranense Jonatan Carlos Alves, 30 anos.

continua após publicidade

O autônomo afirma que notou o avanço no preço do etanol e reclama que nenhum combustível está compensando. “Comecei a abastecer com etanol para economizar, mas aumentou muito o preço do álcool e da gasolina. Então, de qualquer maneira, vou gastar. Hoje praticamente gasto quase o dobro com combustível do que gastava antes”, reclama. 

Profissional de serviços gerais Ritter Alves, 40 anos, encontrou outra maneira de economizar dinheiro. Ele afirma que só usa o carro em situações emergenciais. “Uso carro quando está chovendo ou quando preciso me deslocar para um local distante. Abasteço mais com etanol, porque ainda é mais barato que a gasolina”, afirma.