Apucarana

Aumenta o número de exportações em Apucarana

Os principais produtos comercializados foram couros e tecidos para países como a China e Coreia do Sul

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Aumenta o número de exportações em Apucarana
fonte: Pixabay\ ilustração
Aumenta o número de exportações em Apucarana

Dados do Ministério da Indústria, Comércio e Exterior e Serviços apontam que 11 municípios realizaram vendas no mercado internacional e exportaram US$ 55.5 milhões no primeiro quadrimestre deste ano, contra US$ 44.1 milhões no mesmo período do ano passado. 

continua após publicidade

As exportações iniciaram o ano aquecidas e cresceram 26% na região.  O município com maior aumento percentual é Apucarana (67,7%) que exportou US$ 13,5 milhões entre janeiro a abril de 2021, contra US$ 8,1 milhões no ano passado.

Os principais produtos comercializados foram couros e tecidos para países como a China e Coreia do Sul.

continua após publicidade

Arapongas exportou quase US$ 28 milhões no primeiro quadrimestre de 2021, sendo o município com maior volume em dólares. Houve aumento de 45,8% em relação ao ano passado, quando Arapongas movimentou US$ 19,2 milhões. No topo da lista de produtos exportados neste ano estão móveis, produtos das indústrias químicas e carne bovina, enviados para países como a Índia, Chile, Peru e Paraguai, entre outros. 

Na contramão do crescimento segue São Pedro do Ivaí, com queda de 7.39% nas exportações no primeiro quadrimestre. Ano passado o município comercializou US$ 12,1 milhões, número que caiu para US$ 11.2 milhões este ano.

Na região, Cambira, Mauá da Serra, Jandaia do Sul, Marilândia do Sul, Califórnia, Kaloré, Manoel Ribas e Cruzmaltina também comercializaram produtos no exterior. Faxinal e São João do Ivaí, que exportaram ano passado, não registraram vendas internacionais no primeiro quadrimestre deste ano.