Apucarana

Apucaranense tem Insta hackeado e criminoso aplica golpes

Perfil da vendedora Joseane Suba foi invadido por hackers; Golpistas comercializam eletrônicos por preço abaixo do mercado

Da Redação ·

Há 15 dias, a vendedora Joseane Pires Suba, 39 anos, de Apucarana, vem passando por momentos difíceis após seu perfil no Instagram ter sido hackeado por criminosos. Ela explica que um hacker se apossou de sua rede social, que soma 1.568 seguidores, e oferece produtos eletrônicos por preços muito abaixo do que é vendido normalmente, atraindo a atenção dos amigos da apucaranense. 

continua após publicidade

"Vi que a pessoa estava vendendo uma TV de 50 polegadas por R$1.500. Há 15 dias não tenho sossego. Três amigos meus já caíram no golpe e fizeram um PIX achando que estavam comprando produtos meus. Estou arrasada. Esses dias o hacker estava vendendo um carro através do meu Instagram. Além disso, a pessoa fica disfarçando e postando fotos minhas diariamente no feed e nos stories", relata. 

Josi do Sonho, como é conhecida por vender há 11 anos os doces pelas ruas da cidade, diz que já registrou dois Boletins de Ocorrência, na Polícia Militar (PM), e denunciou diversas vezes a conta através do próprio aplicativo de fotos. "O Instagram não resolve o problema e fica fazendo diversos questionamentos. O jeito que achei para tentar amenizar a situação, foi entrando em contato com as pessoas e contando o que aconteceu. Tenho medo de perder a credibilidade", lamenta.

continua após publicidade

Algumas amigas da apucaranense fingiram ter caído no golpe e conversaram com o criminoso através de mensagens. Durante o bate-papo, elas descobriram o número do PIX e o nome da pessoa que pode estar por trás dos golpes. "Pesquisei na internet e encontrei o nome de Larissa Ribeiro. Não conheço, mas vi que tem cerca de 456 processos correndo contra ela. Vou continuar na luta para tentar resolver esse problema", complementa. 

Escrito por Fernanda Neme, repórter do TNOnline.