Apucarana

Apucaranense relata situação em Nova York após tempestade

'Parecia cena de filme', comentou sobre a tempestade que atingiu a cidade

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Apucaranense relata situação em Nova York após tempestade
fonte: Reprodução vídeo
Apucaranense relata situação em Nova York após tempestade

"Parecia cena de filme", relata o arquiteto apucaranense Rodolfo Pomini, de 34 anos, que vive há oito anos em Nova York, cidade americana atingida por fortes chuvas e ventos associados ao Furacão Ida. Nos últimos dias, o fenômeno causou inundações significativas na metrópole e deixou ao menos 41 mortos. Praticamente todas as linhas do metrô foram suspensas. 

continua após publicidade

"Choveu muito aqui. A cidade está um caos. Eu Moro em Williamsburg, uma área localizada no Brooklyn, onde muitos lugares ficaram alagados. No caminho para o aeroporto, vi muitos carros abandonados na rua. Parecia cena de filme. Além disso, onde trabalho, por exemplo, estava sem internet e não conseguíamos chegar à outros pontos da cidade. Fiquei trabalhando de casa", conta. 

Rodolfo conta que trajetos que os moradores fazem em 20 minutos acabaram aumentando cinco vezes mais devido às inundações. "Graças a Deus estou bem, mas fiquei assustado. Tinha muita água na estrada, parecia um mar. Agora, está amenizando e a tempestade segue para Boston. Espero que fique tudo bem logo", acrescenta. 

continua após publicidade

 

Apucaranense relata situação em Nova York após tempestade fonte: Reprodução/Instagram

O arquiteto mandou um vídeo publicado no Twitter que mostra a região em que mora:

Estado de emergência 

Nova York declarou nesta quinta-feira (2) estado de emergência, após a Região Nordeste dos Estados Unidos (EUA) ter registrado fortes ventos e chuvas ainda associadas ao Furacão Ida que causaram inundações significativas. 

"Estamos vivendo um evento climático histórico com chuva recorde em toda a cidade, inundações brutais e condições de estrada perigosas", afirmou o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, em declarações à imprensa.

Escrito por Fernanda Neme.