Apucarana

Apucarana se destaca em campanha de combate a dengue

O município ficou em 4º lugar na classificação geral da campanha Aqui o Mosquito não Entra, promovida pelo Sistema Fecomércio, por meio do SESC-PR.

Da Redação ·

Na tarde de segunda-feira (17), a entidade premiou o prefeito Junior da Femac, a Autarquia Municipal de Educação e a Autarquia Municipal de Saúde pelos excelentes resultados alcançados pela cidade. Apucarana é um dos municípios paranaenses que mais se engajaram na campanha de combate à dengue Aqui o Mosquito não Entra, promovida pelo Sistema Fecomércio, por meio do SESC-PR. 

continua após publicidade

A campanha Aqui o Mosquito não Entra foi desenvolvida nos 23 centros infantis (CMEIs) e 35 escolas da rede municipal de ensino. De acordo com a técnica de Educação em Saúde do SESC, Ana Carina Fazzio Soares da Silva, o objetivo era que os alunos e seus familiares percorressem as ruas dos bairros em que moram, procurando e eliminando criadouros do Aedes aegypti. As ações deveriam ser fotografadas e compartilhadas em aplicativo específico.

“Entre os meses de março e abril, as crianças removeram quase oito mil possíveis focos do mosquito, transmissor de doenças como a Dengue, a Zika e a Febre Chikungunya. Apucarana ficou em quarto lugar na classificação geral dos 429 municípios paranaenses que participaram da campanha e em primeiro lugar no ranking regional,” detalhou.

continua após publicidade

O prefeito Junior da Femac parabenizou os estudantes, pais e professores pelo trabalho realizado. “Graças ao empenho de vocês, muitos apucaranenses certamente tiveram a saúde preservada. Apesar da conclusão da campanha Aqui o Mosquito não Entra, eu peço que a comunidade permaneça mobilizada no combate ao Aedes aegypti,” pediu.

A secretária de educação, Marli Fernandes, acrescentou que os doze mil alunos da rede municipal costumam aprender noções de cuidado com o meio ambiente e a saúde por meio do projeto Sementes do Futuro, desenvolvido desde 2014. “Nós aderimos prontamente à campanha Aqui o Mosquito não Entra, do SESC-PR, porque ela vinha ao encontro da nossa proposta pedagógica. E os resultados alcançados foram surpreendentes,” afirmou.

O aluno Adryan Gomes da Silva, do 2º ano, da Escola Municipal José Idésio Brianezi, foi premiado com uma medalha e o certificado de Super Agente, por ter sido o participante da rede municipal de ensino que mais removeu possíveis focos do mosquito Aedes aegypti.

continua após publicidade

As escolas municipais Presidente Médici, Mateus Leme e João Antônio Braga Côrtes foram as três unidades de ensino que mais se engajaram na campanha Aqui o Mosquito não Entra. Por isso, as coordenadoras Márcia Ignatowicz, Jorgiane Pavan e Andréia de Vito Martins também foram contempladas com medalhas.

O SESC-PR premiou ainda com medalhas a secretária de educação Marli Fernandes e o diretor de Saúde na Escola, da Autarquia Municipal de Saúde, Paulo Ourives. Já o prefeito Junior da Femac recebeu um troféu das mãos do gerente-executivo da unidade local, Ronaldo Ficagno.