Apucarana

Apucarana repassa R$100 mil ao Lar São Vicente de Paulo

Recursos, oriundos da receita própria do município, irão financiar despesas do Programa Integral no Serviço de Acolhimento da entidade

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Apucarana repassa R$100 mil ao Lar São Vicente de Paulo

Com a sanção da Lei Municipal nº 97/2021, o prefeito Júnior da Femac formalizou nesta sexta-feira (12/11), em ato no gabinete municipal, o repasse de R$100 mil ao Lar São Vicente de Paulo. A destinação dos recursos, oriundos da receita própria do município e que irão financiar despesas do Programa Integral no Serviço de Acolhimento da entidade, foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores.

continua após publicidade

A assinatura da legislação aconteceu na presença do presidente do lar, Alexandre Flores. “Apucarana tem profundo respeito pelas pessoas da terceira idade, que são prioridade dentro dos programas executados pela prefeitura, em especial dentro do Programa Viver +80. O Lar São Vicente realiza um trabalho de referência neste setor, tendo enfrentado desafios ainda maiores no decorrer da pandemia, e certamente estes recursos – que entram na conta da entidade já na semana que vem – serão um aporte importante, um reforço de caixa neste final e início do próximo ano visando a manutenção da qualidade do atendimento aos internos”, pontuou o prefeito Júnior da Femac, enaltecendo o trabalho da diretoria e funcionários da entidade. “Na pessoa do atual presidente, Alexandre Flores, que é uma pessoa bastante engajada, parabenizo todo o corpo diretivo e funcional do Lar São Vicente de Paulo pelo trabalho que realizam em prol dos idosos”, concluiu o prefeito.

Atualmente, a entidade acolhe e garante proteção integral a 81 idosos e, para ter acesso ao repasse dos recursos públicos, precisou ter plano de trabalho e cronograma aprovados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI). “Assim como acontece após o recebimento de qualquer subvenção social, a entidade beneficiada obrigatoriamente necessita prestar contas mensais dos recursos que são fiscalizados pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR)”, salienta Ana Paula Nazarko, secretária Municipal da Assistência Social.

continua após publicidade

A confirmação do repasse foi celebrada pelo presidente do Lar. “Quero agradecer imensamente ao prefeito e aos vereadores que aprovaram a lei. Deus abençõe a todos. Trata-se de uma contribuição muito importante que vai ajudar muito no fechamento das obrigações da entidade neste final de ano”, pontuou Alexandre Flores, presidente do Lar São Vicente de Paulo. Ele frisa que além de subvenções sociais do poder público municipal e de recursos oriundos de proventos dos próprios internos, a manutenção das despesas e funcionamento geral da entidade conta com importante ajuda da sociedade civil. “Agradecemos a todos os doadores e voluntários por estarem sempre conosco. Cada um tem participação e contribuição muito valiosa no sucesso das atividades e bem estar dos nossos idosos”, disse Flores.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News