Apucarana recebe R$ 320 mil do Ministério da Saúde para enfrentamento da Covid-19 - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

CORONAVÍRUS

Apucarana recebe R$ 320 mil do Ministério da Saúde para enfrentamento da Covid-19

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A estrutura e equipe de profissionais Pronto Atendimento do Coronavírus de Apucarana atendeu os critérios para o Ministério da Saúde para credenciar a Autarquia Municipal de Saúde a receber recursos federais para o enfrentamento da pandemia. A portaria 1.797 publicada no Diário Oficial da União, na data de 22 de julho, destina R$ 320 mil para município, com repasses mensais em 4 parcelas de R$ 80 mil.

“Ficam credenciados temporariamente os estabelecimentos de saúde descritos nesta portaria a receber um incentivo de custeio referente aos Centros de Atendimento para Enfrentamento da Covid-19, em caráter excepcional e temporário, e com periodicidade mensal de transferência”, consta no artigo 1º da portaria. Do Norte do Paraná foram contemplados Apucarana, Maringá, Cornélio Procópio, Cambé, Cambira, Faxinal, Marilândia do Sul, Marumbi e Mauá da Serra.  

“Apucarana estar credenciada a receber esses recursos significa que se enquadrou nos critérios da portaria, ou seja, atendeu todas as exigências quanto à estrutura e equipe de profissionais na prestação do atendimento exclusivo ao novo coronavírus”, afirma o diretor presidente da AMS, Roberto Kaneta.

De acordo Kaneta, entre as exigências da parte estrutural dos Centros de Atendimento para Enfrentamento da Covid-19 constam consultórios e salas de acolhimento, isolamento e de coleta de exames. “Atendemos todos esses itens a ainda temos sala de raio-X, informa Kaneta.

Um dos critérios também é a oferta de atendimento médico de 80 horas semanais. “O nosso Pronto Atendimento do Coronavírus tem médicos praticamente 160 horas semanais, o dobro da exigência da portaria do Ministério da Saúde”, observa Kaneta.

“Esse recurso previsto neste credenciamento é mais uma garantia para o município manter essa estrutura de enfrentamento da pandemia que está à disposição dos apucaranenses há mais de 4 meses”, avalia Kaneta.

Uma das principais estratégias de combate à Covid-19 no município, o Pronto Atendimento do Coronavírus de Apucarana completou 4 meses de funcionamento na última segunda-feira. “É uma das primeiras e uma das poucas cidades a oferecer esse serviço exclusivo no enfrentamento da pandemia”, observa o prefeito Junior da Femac.

Nestes 4 meses, 4.964 pessoas receberam atendimento presencial no Pronto Atendimento, destas 2.731 foram monitorados pelas equipes de saúde. No momento, 633 pacientes seguem em monitoramento, em quarentena domiciliar. “Trata-se de um diferencial em favor de Apucarana nesta pandemia, que tem contribuído de maneira significativa no enfrentamento do Coronavírus”, avalia o prefeito.

Foto: Reprodução
 

A estrutura do Pronto Atendimento do Coronavírus vai mais além da assistência médica presencial, com o serviço de teleatendimento em que a população em geral pode ligar para obter informações, orientações e tiras dúvidas sobre os sintomas da doença. São três linhas telefônicas (fixo 3162-3049 e celulares 99967-0845 e 99967-0563 com atendimento por ligação ou pelo WhatsApp) exclusivas para esse serviço disponibilizado de segunda a sexta-feira, de 7 horas às 18 horas. Foram 1.769 ligações nestes 4 meses. 

O Pronto Atendimento e a central telefônica começaram a funcionar no dia 20 de março a partir de medidas adotadas pela prefeitura, através da Autarquia Municipal de Saúde, visando oferecer aos apucaranenses uma estrutura de saúde exclusiva para atender casos suspeitos do coronavírus.

O setor exclusivo para o atendimento do Coronavírus funciona no andar térreo da Autarquia Municipal de Saúde (AMS). O serviço é oferecido, ininterruptamente, de segunda-feira a segunda-feira, entre 7 horas e 23 horas. O espaço é o mesmo onde anteriormente funcionava o Centro de Especialidades, na Rua Miguel Simeão.

 

Deixe seu comentário sobre: "Apucarana recebe R$ 320 mil do Ministério da Saúde para enfrentamento da Covid-19"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.