Apucarana

Apucarana mantém desconto de taxas no terminal e rodoviária

Renovação do benefício legal foi autorizada nesta quinta-feira

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Apucarana mantém desconto de taxas no terminal e rodoviária
fonte: Prefeitura de Apucarana

Comerciantes e artesãos que ocupam espaços dentro dos prédios do Terminal Urbano de Passageiros do Transporte Coletivo Sílvio Stocco e do Terminal Rodoviário Interestadual João Batista Boscardin Júnior (rodoviária) terão pelo menos mais um ano de taxas reduzidas. A renovação do benefício legal, que garante desconto de 70% da taxa que é cobrada mensalmente pelo município, foi autorizada nesta quinta-feira (10) pelo prefeito Junior da Femac.

continua após publicidade

Como aconteceu no ano passado, a decisão atende solicitação dos beneficiários intermediada pelo vereador Luciano Facchiano. Junior lembra que dezenas de famílias obtêm o sustento através de seus empreendimentos localizados no Mercado Municipal (artesãos), no terminal urbano (comerciantes em geral) e também na rodoviária. “No ano passado, mediante parecer jurídico favorável e aprovação da Câmara Municipal, o Município foi autorizado a conceder a redução da taxa, tendo em vista a queda de faturamento dos profissionais devido às medidas restritivas impostas pela pandemia. E, neste ano, infelizmente, a pandemia persiste e ainda compromete a renda destes profissionais”, comenta o prefeito Junior da Femac, “justificando a decisão de manter o benefício por pelo menos mais um ano”.

O valor da taxa paga por cada profissional é calculado de acordo com a metragem quadrada do espaço ocupado. Segundo o vereador Luciano Facchiano, a decisão de manter o desconto, oficializada pelo prefeito Junior da Femac, beneficia mais de 100 famílias. “Temos o compromisso do prefeito de que, mesmo que temporário, este desconto da taxa será mantido enquanto durar a pandemia do coronavírus, por isto reafirmo meu agradecimento especial a ele e a toda sua equipe, pois não mediram esforços para a elaboração do projeto e também aos demais vereadores que aprovaram por unanimidade a matéria em pauta”, diz Facchiano.