Apucarana

Apucarana imuniza mais de 600 apucaranenses dos grupos prioritários

Da Redação ·

Em sistema drive-thru montado no estacionamento do Complexo Esportivo José Antônio Basso (Lagoão), a Autarquia Municipal de Saúde da Prefeitura de Apucarana (AMS) iniciou nesta segunda-feira (02) a vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) de três novos grupos prioritários. O cronograma, estabelecido pelo Plano Nacional de Imunização, contempla nesta oportunidade cidadãos com 85 anos ou mais, profissionais de saúde a partir de 50 anos e acamados ou com dificuldade de locomoção entre 70 e 79 anos de idade

continua após publicidade

Segundo balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, 590 apucaranenses foram imunizados entre as 8h30 e 17 horas somente no sistema drive-thru. “Foram 472 idosos do grupo de 85 anos ou mais e 118 profissionais de saúde com mais de 50 anos de idade”, informou o enfermeiro Luciano Pereira da Silva, coordenador Municipal da Divisão de Epidemiologia. Por ser um atendimento domiciliar e realizado por várias equipes, o número de acamados ou com dificuldade de locomoção entre 70 e 79 anos imunizados não havia sido tabulado até o fechamento da reportagem.

O prefeito Júnior da Femac acompanhou a vacinação pela manhã e se alegrou com a grande procura. “Filhos e netos levando seus pais e avós para vacinar e o atendimento acontecendo com eficiência. A cada apucaranense imunizado, a certeza de que vamos vencer esta doença”, avaliou Júnior, lembrando que a vacinação continua até sexta-feira. “Vivemos um tempo difícil, com novo crescimento da curva e com o sistema de saúde colapsando ou próximo de um colapso em várias regiões do Paraná e do Brasil. Momento de reforçarmos ainda mais os cuidados preventivos em prol de salvarmos vidas”, pontuou o prefeito.

continua após publicidade

Na parte da manhã, apesar da longa fila formada ao longo da Avenida Irati, a imunização transcorreu de forma rápida com o atendimento realizado em três boxes de vacinação. Noemia Balan, de 87 anos, manifestou seu agradecimento após receber a dose da vacina. “Deus abençoe e que todos possam ser vacinados logo”, desejou Noemia.

Já na parte da tarde, a chuva que caiu por cerca de duas horas não prejudicou o acesso do público-alvo, na avaliação do enfermeiro Luciano Pereira da Silva, coordenador Municipal da Divisão de Epidemiologia. “As pessoas que estavam na fila aguardaram pacientemente a chuva passar e receberam a primeira dose do imunizante”, disse Silva.

A vacinação destes três grupos prioritários segue até sexta-feira (5). “Os familiares de pessoas acamadas ou com dificuldade de locomoção, que estão sendo imunizados a domicílio, devem ligar para o Pronto Atendimento do Coronavírus se até quinta-feira não forem visitados pela equipe de vacinação”, orienta Roberto Kaneta, diretor-presidente da AMS. Os telefones do Pronto Atendimento do Coronavírus são o 3162-3049, 99967-0845 e 99967-0563.

continua após publicidade

Para os demais grupos prioritários, o atendimento no drive-thru do Lagoão é realizado entre 8h30 e 17 horas. No momento da vacinação, o idoso deve apresentar o CPF ou o Cartão do SUS e um documento com foto. “Os profissionais de saúde, no entanto, ainda devem estar munidos do documento do conselho profissional a que pertence, como o CRM, CRO, CRN, CREFITO, CREF, CRF, COREN, CRMV, CRP e outros”, orienta Kaneta.

A vacinação contra a Covid começou em Apucarana no dia 20 de janeiro. Até o momento foram imunizados trabalhadores e internos das instituições de longa permanência de idosos e residência inclusiva (Casa do Dodo), profissionais de saúde da linha de frente, idosos com 90 anos ou mais e os acamados de 80 a 89 anos.

No Paraná, a imunização teve início no dia 18 de janeiro, assim que o Governo do Paraná recebeu as doses disponibilizadas pelo Ministério da Saúde. “Como ainda não há imunizantes suficientes disponíveis no mercado mundial, a campanha de imunização vem sendo feita de forma escalonada, priorizando os grupos que são mais suscetíveis à doença”, esclarece Emídio Bachiega, vice-presidente da AMS.

Tags relacionadas: #Apucarana #COVID-19 #vacina