Apucarana

Apucarana fecha maio com déficit hídrico de 53,6%

Segundo o Simepar, município registrou 55,4 milímetros de volume acumulado, o que corresponde a 46,3% do esperado para maio

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Apesar da chuva registrada nos últimos dias, Apucarana encerrou maio com déficit hídrico de 53,6%.
fonte: TNonline/Arquivo pessoal
Apesar da chuva registrada nos últimos dias, Apucarana encerrou maio com déficit hídrico de 53,6%.

Apesar da chuva registrada nos últimos dias, Apucarana encerrou maio com déficit hídrico de 53,6%. De acordo com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), o município registrou 55,4 milímetros de volume acumulado, o que corresponde a 46,3% da média de 119,5 milímetros esperada para maio. No mesmo período do ano passado o volume registrado foi de 106,8 milímetros.

continua após publicidade

O comportamento das chuvas no Paraná apresentou diferentes condições durante o mês de maio, explica o meteorologista do Simepar, Lizandro Jacóbsen. De acordo com ele, algumas regiões registraram chuva acima da média, especialmente no Oeste, Sudoeste e Região Metropolitana de Curitiba, com índices em torno dos 40% acima da média climatológica. Em contrapartida, nas regiões noroeste e norte o déficit chega a 50%.

Jacóbsen ressalta que durante a maior parte do mês de maio o comportamento foi de tempo mais seco. No entanto, nos últimos dias do mês choveu forte na maior parte do Estado. Em Apucarana a chuva causou estragos no último domingo (29) com ventos de até 43 que provocaram destelhamentos e quedas de árvores. Nas regiões que ultrapassaram a média climatológica, as chuvas registradas no fim de maio representaram mais da metade da média mensal.

continua após publicidade

“Tivemos um comportamento bem semelhante ou bem típico da estação de outono, com poucas passagens de frentes frias, mas com dois resfriamentos bastante significativo. Inclusive o ar frio foi destaque na segunda quinzena impulsionado pela tempestade subtropical Yakecan que afetou o sul do Brasil durante os dias 17 e 18”, afirma.

A previsão para o mês de junho é de chuva na primeira semana do mês, ainda pelo impacto da frente fria que atua sobre o Estado, e que foi responsável pela chuva no fim do mês de maio. Na segunda quinzena de junho, as temperaturas devem cair ainda mais com a chegada do inverno.

“Pelo menos até o início do próximo fim de semana teremos uma condição de tempo instável e chuvoso. Depois com a proximidade do início oficial do inverno, dia 21, teremos mais entradas de ar polar e resfriamentos mais intensos no Paraná. Assim o tempo mais seco predomina no fim da 1ª quinzena de junho e principalmente na segunda quinzena”, adianta.

continua após publicidade

Por, Cindy Santos.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News