Apucarana

Apucarana estende subsídio do transporte coletivo

Projeto de lei foi encaminhado para apreciação dos vereadores

Da Redação ·

O prefeito Júnior da Femac anunciou que a Prefeitura de Apucarana vai manter o subsídio à tarifa do transporte coletivo urbano de passageiros ao longo de 2022. O projeto de lei, que propõe a extensão do benefício, que garante redução de R$0,60 à passagem a todos os usuários do sistema até o dia 31 de dezembro do próximo ano, foi encaminhado nesta quinta-feira (9) à Câmara Municipal de Apucarana pelo prefeito Júnior da Femac em despacho conjunto com o vice-prefeito Paulo Sérgio Vital.

continua após publicidade

Implantada em abril com validade até o último dia útil deste ano, a lei municipal que regulamenta o subsídio garante uma tarifa fixa de R$3,00 a todos os passageiros. “Ao longo destes meses em que esteve vigente a medida mostrou realmente fazer a diferença no orçamento das famílias e por isso, em conjunto com o vice-prefeito Paulo Vital, e com base no orçamento público previsto para o próximo exercício, tomei a decisão de solicitar aos vereadores a extensão do benefício por mais um ano. Com a economia que os apucaranenses obtêm ao pagar menos pelo transporte diário, estão podendo adquirir mais alimentos e outros itens de primeira necessidade”, afirma o prefeito Júnior da Femac, pontuando que R$3,00 (valor atual com subsídio) era a tarifa praticada no município há 4 anos.

O transporte coletivo de Apucarana é utilizado diariamente por mais de 20 mil pessoas. Para a concessionária VAL (Viação Apucarana Ltda), não muda nada. Ela continua recebendo R$3,60 por cada tarifa, sendo R$3,00 pagos pelo usuário e R$0,60 arcados pela prefeitura através de recursos do caixa próprio.