Apucarana

Apucarana completa um ano de vacinação contra Covid-19

São 12 meses que comprovam que a imunização salvou muitas vidas entre os apucaranenses

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Apucarana completa um ano de vacinação contra Covid-19

Há exatamente um ano, 20 de janeiro de 2021, Apucarana aplicava a primeira dose da vacina contra a Covid. A pessoa escolhida foi a interna do Lar São Vicente de Paulo, Rosa Francisco, de 74 anos.

continua após publicidade

Neste período, o município fez o dever de casa se tornando um dos primeiros municípios do Paraná a realizar a vacinação de domingo a domingo, aplicando uma média diária de 700 doses. “Não paramos a vacinação para garantir que as doses chegassem ao braço da nossa população tão logo eram entregues para a Autarquia Municipal de Saúde”, afirma o prefeito Junior da Femac.

Paralelamente as faixas etárias dos idosos e profissionais de saúde, o município foi se destacando na vanguarda de imunizar forças de segurança e professores. “Observando os números após um ano da aplicação da primeira dose, podemos afirmar que a vacinação em nossa cidade é um sucesso e com certeza salvou muitas vidas”, avalia o prefeito.

continua após publicidade

“Analisando um gráfico comparativo dos índices de doses aplicadas e de óbitos ao longo dos últimos 12 meses, podemos afirmar a total eficácia da vacina na prevenção de casos graves da doença com evolução para óbitos”, complementa Junior da Femac.

Conforme demonstra os gráficos abaixo (ver quadro), Apucarana fechou janeiro de 2021 com 1.201 doses aplicadas e o registro de 37 óbitos pela Covid-19. Nos meses seguintes a imunização não teve avanços significativos, mas o número mortes registrou evolução bem maior.

Maio foi o mês com recorde de óbitos. Foram 86 mortes e o município somava  51.216 doses aplicadas. Os números de junho também marcavam o pior momento da pandemia, com 82 apucaranenses perdendo a vida para a doença, ao mesmo tempo em que o número de vacinados chegava a 70.912.

continua após publicidade

O mês de julho a curva ascendente de óbitos começou a registrar uma queda significativa. Foram 29 óbitos, enquanto as doses aplicadas chegavam perto de 100 mil (96.975). Ao longo dos seguintes meses o número de morte em média foi caindo pela metade. Já a vacinação atingia uma cobertura cada vez maior entre os apucaranenses.

“Fechamos dezembro com 3 óbitos e 231.182 doses aplicadas. Daqui dois dias, no dia 22 de janeiro, Apucarana vai completar 30 dias sem perder mais ninguém para essa doença”, manifesta sua esperança o prefeito.

Apucarana completa um ano da vacinação com 245.234 doses aplicadas. O secretário municipal da saúde, Emídio Bachiega, detalha que 88,6% da população vacinável (incluindo crianças de 5 a 11 anos) já receberam a 1ª dose e dose única em Apucarana, num total 112.623 doses aplicadas. “A cidade atingiu 99,6% da população adulta, a partir dos 18 anos, com o esquema vacinal completo. Tomaram a 2ª dose e dose única 103.910 apucaranenses”, informa Bachiega.

continua após publicidade

Reiterando que os números de Apucarana comprovam a eficácia da vacina, em especial para evitar as mortes, Bachiega agradece aos apucaranenses que garantiram uma grande adesão a vacinação. “A população atendeu nosso chamado e está fazendo sua parte para nos ajudar no enfrentamento dessa pandemia”, observa.

Bachiega enaltece a equipe da saúde que não tem medido esforços para garantir a vacinação, atendimento médico e de testagem dos apucaranenses. “É um conjunto de esforços dos nossos servidores, desde a parte administrativa, setor de epidemiologia, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, entre tantos outros que estão se dedicando neste trabalho sem precedentes na história da saúde nos últimos tempos”, afirma Bachiega.

Tags relacionadas: #Apucarana #COVID-19 #VACINAÇÃO