Apucarana

Apucarana: cobertura da rodoviária recebe impermeabilização

A reforma na cobertura, a primeira desde a inauguração há 27 anos, está sendo feita com recursos próprios do município

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Nesta quinta-feira (26), os serviços de manutenção da cobertura da Terminal Rodoviário João Batista Boscardin Júnior, a Rodoviária de Apucarana, que tiveram início há cerca de 60 dias, foram vistoriados pela Secretaria Municipal de Obras. O trabalho, que é executado por uma empreiteira contratada via licitação, também foi conferido pelo prefeito Júnior da Femac, que é engenheiro civil.

continua após publicidade

"A rodoviária de Apucarana é uma de nossas portas de entrada e saída. Um cartão-postal por onde passam diariamente não só passageiros dos transportes intermunicipal e interestadual, mas também do transporte coletivo e por isso temos sempre um olhar atento quanto às condições estruturais e de limpeza para que além de segurança, o terminal ofereça sempre uma experiência de conforto aos usuários”, destacou o prefeito Júnior da Femac. De acordo com ele, o investimento na reforma da cobertura, que é a primeira desde a inauguração do terminal há 27 anos, está sendo feita com recursos próprios do município.

A secretária Municipal de Obras, engenheira civil Ângela Stoian Penharbel, relata que a ordem de serviço foi concedida pelo município no início de abril. “Na semana passada realizamos a primeira medição. Desde o início das atividades, a empreiteira promoveu toda a limpeza da laje, totalizando 4.659 metros quadrados e remoção de quase a totalidade da antiga impermeabilização, que abrange área de 1.329 metros quadrados. Também já aplicou 25% do total previsto da nova impermeabilização em manta asfáltica”, informa a secretária.

continua após publicidade

A assessora da Secretaria Municipal de Obras, engenheira civil Silvana de Souza Coelho Mezari, explica que os serviços estão sendo executados sem nenhum prejuízo ao funcionamento da rodoviária e que o ritmo está diretamente ligado às condições climáticas. “Pelas características do serviço, em nada interfere na circulação das pessoas ou do funcionamento dos guichês e estabelecimentos comerciais. O avanço do cronograma, porém, é instável e depende do clima. Se chover, por exemplo, a empresa precisa paralisar as atividades e só retomar após secagem da laje”, explica Silvana. Com relação às telhas existentes, a engenheira diz que “estão em boas condições e que poucas unidades serão substituídas”, revelou.

O Terminal Rodoviário de Apucarana João Batista Boscardin Júnior foi inaugurado em 1995, na Rua Rio Grande do Sul, no Jardim Apucarana. Em 2021, o local registrou a média mensal de 4.162 passageiros. Com 6.897 pessoas embarcadas, dezembro foi o mês com maior movimentação no local, segundo dados do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan).


Fonte: Prefeitura Municipal de Apucarana.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News