App Sindicato de Apucarana e Arapongas realiza nova manifestação; assista - TNOnline
Mais lidas

    Apucarana

    Educação

    App Sindicato de Apucarana e Arapongas realiza nova manifestação; assista

    App Sindicato de Apucarana e Arapongas realiza nova manifestação; assista
    Foto por TNOnline
    Escrito por Fernanda Neme
    Publicado em 23.11.2020, 10:07:25 Editado em 23.11.2020, 12:24:16
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O App Sindicato Apucarana e Arapongas realizou uma nova manifestação na manhã desta segunda (23), contra a prova da escolha de professores temporários, além da reivindicação para a realização de concurso público. A ação aconteceu na manhã de ontem em frente ao Núcleo Regional de Educação (NRE), localizado na Avenida Dr. Munhoz da Rocha, em Apucarana.

    No dia 28 de outubro, professores da rede pública também demonstraram contrariedade à terceirização, à inclusão de prova para seleção via PSS (Processo Seletivo Simplificado), além de pedir que não haja retorno presencial das aulas em razão da pandemia.

    Para Marlene Pavani, presidente do App Sindicato de Apucarana, esse ato é devido ao edital 47, que se refere à prova. “Não conseguimos respostas positivas por parte do governador Ratinho Junior, nem do secretário da educação Renato Feder. Estamos sofrendo há 2 anos, como a forma que Feder comandando a pasta. Colocar uma prova PSS para professores e funcionários, fazendo que esse contrato será encerrado. Cerca de 20 mil professores vão ficar desempregados”, explica.

    Marlene ainda diz que o que está acontecendo é um descaso e falta diálogo. “Na terça passada, nós tivemos um grande ato em Curitiba e resolvemos radicalizar, fazendo greve de fome. Na quinta, um dos nossos professores, o Hermes, que continua sem se alimentar, começou greve de fome e já perdeu 5 quilos. Essa greve de fome não é só pelo edital 47, e sim por tudo que vem acontecendo. Essa foi a gota d’água. Desde que o Feder veio para o Paraná estamos sofrendo”, acrescenta.

    O representante do App Sindicato de Arapongas, Carlos Diniz diz estar indignado com toda a situação. “Estamos indignados com o descaso do governo diante da situação dos professores temporários. Seremos obrigados a fazer uma prova, sendo que 100 mil professores vão se arriscar por causa da pandemia, além de pagar R$ 105 de inscrição e não ter a certeza de que estará empregado em 2021”, complementa.

     VEJA: 

     


     

     

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "App Sindicato de Apucarana e Arapongas realiza nova manifestação; assista"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.