Apucarana

Após 100 dias na UTI, recém-nascida de Apucarana recebe alta

A bebê nasceu prematura, de 29 semanas

Da Redação ·

Após 100 dias na UTI, a apucaranense Ingrid Cristina Alves Moreira recebeu alta e já está em casa com a família. A bebê nasceu prematura, de 29 semanas e para sobreviver precisou ficar hospitalizada. 

continua após publicidade

Os pais, Zeneide Alves Vicente e Eder Rossi Moreira, agora respiram mais aliviados e consideram a recuperação da filha um verdadeiro milagre. "Ela nasceu com 1.450 Kg e 41 centímetros, muito prematura. Ela nasceu no dia 1/6, no Materno Infantil do Hospital da Providência, mas no dia 2/6 ela precisou ser transferida com o helicóptero do Samu, para a UTI de Londrina", detalha a mãe. 

A pequena Ingrid lutou como gente grande para sobreviver. "Foram momentos de angustia, insegurança, de medo e susto, mas graças a Deus estamos bem e já em casa. Ela precisou passar pelo procedimento de DVP e ficamos muito apreensivos, mas tudo deu certo e agora só quero que minha filha cresça com muita saúde", finaliza. 

continua após publicidade

O médico que cuidou de Ingrid em Londrina, Dr. Vinicius Stawinsk comemorou a recuperação da pequena paciente. 

"Senhoras e senhores, lhes apresento: Ingrid, a guerreira abençoada! Deus tem planos MUITO grandes para a vida da Ingrid. Pois até aqui, ela já passou por muitas provações, e venceu todas! Ingrid é um milagre! Ingrid é uma guerreira! Ingrid é uma vencedora! Que Deus continue abençoando todos os dias da sua vida", publicou no Instagram. 

O que é uma DVP? 

DVP: derivação ventrículo-peritoneal – implante de um sistema interno de drenagem de líquor, com o intuito de retirar excesso de líquor de uma estrutura chamada ventrículo cerebral para o intestino na cavidade chamada peritônio.