Apucarana

Alta nos casos de Covid afeta doações no hemonúcleo

Procura que já estão estava alta está ainda menor com o avanço do coronavírus

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Alta nos casos de Covid afeta doações no hemonúcleo

O aumento de novos casos de Covid-19 está prejudicando as doações de sangue no Hemonúcleo de Apucarana. A chefe da unidade, Juliana Petchak, relata que a procura já estão estava alta e que com o avanço dos casos, doações que já estavam programadas foram desmarcadas. “Doadores com familiares positivados desmarcaram as doações”, comenta.

continua após publicidade

Municípios parceiros do hemonúcleo como Cambira, Jandaia do Sul, Marumbi e Marilândia do Sul, Cambira e Jandaia do Sul também estão cancelando as doações. “Tínhamos uma coleta agendada em duas empresas de Jandaia do Sul para 8 de fevereiro que foi desmarcada por motivo de segurança”, conta.

A redução na demanda de doadores de sangue reflete no estoque da unidade que está muito baixo. Para suprir os pacientes que necessitam de sangue o hemonúcleo recorre a rede. “Bancos de Maringá, Londrina e Guarapuava acabam cedendo bolsas para Apucarana, mas também está difícil para eles”, afirma Juliana.

continua após publicidade

Segundo ela, os tipos sanguíneos que estão em falta são O negativo e A positivo. “Estamos em campanha contínua, fazendo um apelo à população doar, porque não há um substituto para o sangue”, solicita.

COMO DOAR

Para doar é preciso estar bem de saúde e ter entre 18 a 69 anos e pesar acima de 50 kg. Jovens a partir dos 16 anos podem doar caso tenham autorização do responsável. Gestantes e puérperas não podem doar. Lactantes somente após o filho completar 12 meses. Para ter conhecimento sobre todos os critérios necessários para doação, ou outras informações, entre em contato pelo telefone 3420-4200.