Apucarana

Acidentes com motocicletas diminuem em Apucarana

Segundo o levantamento da PM, foram 154 colisões envolvendo motociclistas no perímetro urbano da cidade, entre janeiro a junho

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Acidentes com motocicletas diminuem em Apucarana
fonte: Ilustração/TNOline
Acidentes com motocicletas diminuem em Apucarana

Dados do Placar da Vida do 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM) demostram que Apucarana registrou queda de 17,2% nos acidentes envolvendo motos, no primeiro semestre deste ano.

continua após publicidade

O levantamento também mostra que todos os índices diminuíram, principalmente em ocorrências envolvendo bicicletas (-46%), atropelamentos (-10%) e no número de pessoas feridas (-9,4%).

Para a Superintendência de Trânsito do do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento (Idepplan), a redução nas ocorrências no perímetro urbano da cidade tem relação com a pandemia do novo coronavírus, que alterou a rotina da população, e também com os investimentos na infraestrutura que melhoraram as condições das vias. 

continua após publicidade

Segundo o levantamento da PM, foram 154 colisões envolvendo motociclistas no perímetro urbano da cidade, entre janeiro a junho deste ano, contra 186 no mesmo período do ano passado.  Em relação aos acidentes com bicicletas foram 7 neste ano contra 13 do mesmo período do ano passado. Os atropelamentos também caíram de 20 para 18. No geral foram 386 acidentes com 740 veículos envolvidos neste ano, contra 397 no mesmo período do ano passado, com 765 veículos envolvidos.

No primeiro semestre deste ano foram 805 pessoas envolvidas em acidentes, 191 feridos e uma morte registrada após tombamento de caminhão na Zona Rural do município, no mês de maio. O acidente vitimou um jovem de 25 anos. Já o ano passado foram 848 envolvidos, 211 feridos e também 1 morte no mesmo período. 

O superintendente de trânsito do Idepplan major Vilson da Silva,acredita que a mudança no comportamento da população, como os horários para se deslocar ao trabalho, reduziram o fluxo de veículos no trânsito e, consequentemente, os acidentes.  “A pandemia influenciou sim. Muitas empresas passaram a alternar os horários, tanto  de entrada e saída dos funcionários, tanto comércio quanto indústria e isso realmente melhorou em alguns pontos”, afirma. 

continua após publicidade

Silva também aponta os investimentos da prefeitura em infraestrutura como outro fator determinante para a obter mais segurança no trânsito. “Essa redução também é reflexo dos investimentos na sinalização das vias, nos asfaltos que estão mais novos, na construção de rotatórias, entre outras melhorias. São várias obras em pontos que costumavam ter muitos acidentes que contribuíram com esse resultado positivo”, destaca. 

O major também ressalta a importante atuação da fiscalização dos agentes de trânsito, Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar (PM). “A fiscalização aumentou com a criação dos agentes de trânsito que estão mais efetivos na rua como também as forças de segurança”, pondera. 

Por, Cindy Santos - Jornalista do Grupo Tribuna do Norte

Tags relacionadas: #Acidentes #Apucarana