Apucarana

Pessoas comuns transformam culinária em arte

Da Redação ·
 A dona de casa Carmem Serea decora o bolo que preparou para o lanche da tarde
fonte: Sérgio Rodrigo
A dona de casa Carmem Serea decora o bolo que preparou para o lanche da tarde

Satisfazer o paladar não é algo para todos. Poucos conseguem transformar a gastronomia do dia a dia em arte. Cozinheiros de ‘mão cheia’ fazem pratos simples causar água na boca. Quando não se satisfazem com receitas prontas, inovam. E inovação é a palavra chave na cozinha da casa da dona de casa Carmem Serea, 63 anos, no Distrito de Pirapó, em Apucarana.

continua após publicidade


Dona Carmem sempre foi conhecida pelos familiares e amigos por seus dotes culinários. Recentemente, as habilidades da apucaranense ganhou destaque no Programa Caminhos do Campo, da Rede Paranaense de Comunicação (RPC), no quadro Receitas Paranaenses. Ela é a quarta finalista com a invenção da receita “Tortinhas de Laranja”. “Não gosto de copiar nada, gosto de modificar”, afirma Carmem.

Leia a matéria completa na edição de domingo (08) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná.