Apucarana

Apucarana perde a pioneira Olga Küster

Da Redação ·

Morreu ontem em Apucarana a pioneira Olga Küster. Ela tinha 89 anos e deixa 5 filhos, 14 netos, 7 bisnetos e um grande círculo de amizades.

continua após publicidade

Olga foi casada 68 anos com o dentista Edson Küster, já falecido, o primeiro odontólogo formado a atuar no município, onde atuou por várias décadas.

Nascida em Curitiba no dia 9 de janeiro de 1922, Olga e o marido chegaram a Apucarana em 1949, onde formaram família e passaram a atuar ativamente na sociedade local.

continua após publicidade

Ela reuniu amigas e familiares recentemente para comemorar seu aniversário. Ativa participante de ações sociais e filantrópicas, Olga foi uma das fundadoras da entidade Grêmio das Violetas que, durante mais de 3 décadas, vem reunindo mulheres da sociedade local em chás e atividades beneficentes.

Olga foi vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) recentemente e estava em processo de recuperação quando sofreu uma parada cardíaca ontem pela manhã. Ela faleceu em casa.

O corpo da pioneira está sendo velado na Capela Mortuária de Apucarana. O sepultamento será hoje, às 9 horas, no Cemitério Cristo Rei.