Apucarana

Indústrias de Apucarana recebem 12 toneladas de tecido para produção de máscaras

Da Redação ·
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Doze toneladas de tecido para a confecção de 5 milhões de máscaras cirúrgicas foram entregues ontem às indústrias de Apucarana. A matéria-prima para a produção dos equipamentos de proteção foi distribuída pela Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) que assumiu a compra para ajudar as empresas, que pagarão pelo produto. A Fiep investiu no total, R$ 650 mil na compra de 24 toneladas do tecido para 150 indústrias paranaenses que produzirão 8 milhões de máscaras durante a pandemia da Covid-19.

continua após publicidade

A secretária executiva do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Apucarana e Vale do Ivaí (Sivale) Patrícia de Macedo Papa, informa que as 12 toneladas de TNT serão distribuídas entre 60 empresas associadas.

“Inicialmente eram 50, mas outras 10 se associaram ao sindicato para poderem participar do projeto e abrimos uma exceção”, informa.

continua após publicidade

De acordo com ela, cada empresa pagará pela matéria-prima adquirida. A expectativa é que a produção começa já na próxima segunda-feira. “Quando surgiu esta oportunidade a presidente do Sivale Elizabete Ardigo reuniu os diretores e lançou a proposta. Depois organizamos a divisão do pedido e fornecemos peças pilotos e todas as instruções necessárias para que as empresas pudessem se adaptar e começar o processo”, explica.

Vários pedidos de orçamento estão surgindo, porém Patrícia afirma que a principal meta é fechar o primeiro pedido dentro do prazo para depois receber uma nova encomenda. “Não temos condições de assumir um novo pedido neste momento. Até porque não queremos fechar nada antes de acabar esse, para cumprir o prazo e entregar máscaras com qualidade no acabamento”, afirma.

Conforme o Sivale, o custo médio da máscara é de R$ 0,80 por unidade e será vendida a R$ 1,40 ao Departamento Penitenciário do Paraná (Depen-PR). Além dos 5 milhões de máscaras, as 60 empresas também confeccionarão 700 mil jalecos no prazo de 60 dias.

FIEP
A ação, articulada pela Fiep e pelos sindicatos da indústria da confecção, visa atender a grande demanda por máscaras cirúrgicas neste momento, bem como garantir o emprego dos trabalhadores do setor do Paraná, um dos maiores empregadores do Estado. Cerca de 10 mil trabalhadores serão envolvidos na confecção das máscaras em todo o Estado.

Tags relacionadas: #Apucarana