Apucarana

Governo inicia credenciamento de mercados para fornecimento de alimentos pelo Cartão Comida Boa 

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Governo inicia credenciamento de mercados para fornecimento de alimentos pelo Cartão Comida Boa 
Governo inicia credenciamento de mercados para fornecimento de alimentos pelo Cartão Comida Boa 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento e da Celepar, iniciou o credenciamento de mercados e supermercados interessados em fornecer alimentos pelo Cartão Comida Boa. O programa atenderá famílias em situação de vulnerabilidade  e será custeado pelo governo por meio do Fundo de Combate e Erradicação à Pobreza.

continua após publicidade

O credenciamento deve ser feito por meio do aplicativo SeuVale Empresas. Ele pode ser baixado gratuitamente na loja de aplicativos Google Play. Os requisitos necessários ao aparelho podem ser consultados em Manual Cadastramento Estabelecimento, que é acessado após clicar no campo Manuais SeuVale do site www.cartaocomidaboa.pr.gov.br.

Segundo o presidente da ACIA, Jayme Leonel, é uma excelente oportunidade para Mercados de diferentes tamanhos garantirem uma venda. “O empresário cadastra e passa a ser fornecedor de alimentos, com o pagamento garantido via Governo do Paraná”, frisa Leonel.

continua após publicidade

O estabelecimento interessado deverá seguir os sete passos detalhados no mesmo manual para Criar Minha Conta. Confirmado o aceite dos termos de condição de uso, o credenciamento é encerrado com o cadastro da conta bancária em que pretende receber o pagamento, conforme orienta o Manual.

PROGRAMA
O programa Cartão Comida Boa possibilitará que famílias em situação de vulnerabilidade comprem produtos alimentícios  durante a pandemia do novo coronavírus. Os beneficiários começarão a receber os vouchers tão logo os trâmites legais estejam encerrados e haja estabelecimentos comerciais credenciados no aplicativo para o atendimento.

O valor mensal de cada vale é de R$ 50 que, a princípio, tem duração de três meses. A base de beneficiários é o Cadastro Único (CadÚnico) dos programas sociais do País.

“Nessa época de incertezas é importante buscar novas fontes de receitas. Os associados que tiverem dúvidas podem   ligar na  SEAB, no telefone 3422-7822 para mais orientações”, conclui Leonel.