Apucarana

Apucarana compra 1 mil testes rápidos para Covid-19

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Apucarana compra 1 mil testes rápidos para Covid-19
Apucarana compra 1 mil testes rápidos para Covid-19

O prefeito Junior da Femac anunciou ontem que a Prefeitura de Apucarana, por meio da Autarquia Municipal de Saúde está comprando 1.000 testes rápidos para coronavírus. "O nosso objetivo é reforçar o trabalho desenvolvido no pronto atendimento da AMS, junto a pacientes que estão sendo monitorados, com suspeita de contágio pelo Covid-19", informou. O anúncio da compra acontece no mesmo dia em que um homem morreu com suspeita de coronavírus.

continua após publicidade

Conforme revelou Junior da Femac, os testes rápidos são de origem chinesa e homologados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária  (Anvisa). "O Município vai investir cerca de R$ 100 mil para a aquisição dos testes rápidos que irão contribuir para dar maior agilidade no tratamento das pessoas com suspeita do coronavírus", justificou o prefeito.

RESERVA DE LEITOS

continua após publicidade

A partir de entendimento que vem mantendo com a saúde pública de Apucarana, a direção do Hospital da Providência comunicou nesta terça-feira (7), que já tem reservado 50 leitos específicos para os casos da pandemia do coronavírus.

A informação foi confirmada pelo prefeito Junior da Femac, após conversa mantida com a diretora geral do Hospital da Providência, Irmã Geovana Ramos. Conforme revela ele, estão reservados, em ala isolada, vinte e dois leitos clínicos e mais dez na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital da Providência. E mais, dez leitos de clínica geral e quatro de UTI, no Hospital da Providência Materno Infantil.    

"É importante ressaltar que o Providência atende uma clientela de âmbito regional; e que o Materno Infantil é referência no Paraná em gestação de alto risco e como UTI neo-natal, com uma amplitude ainda maior", observa  o prefeito.