Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

PM de Apucarana registra 6 casos de violência doméstica em um dia

.

Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

O boletim de ocorrências da polícia militar (PM) de Apucarana revelou 6 atendimentos a violência doméstica em Apucarana nesta segunda-feira (23). Dois homens foram presos, mas um deles foi liberado em seguida.

No residencial Jaçanã, um homem de 36 anos foi preso depois de agredir a mulher com chutes e empurrões. De acordo com o relatório da polícia, ele teria colocado ela para fora de casa com chutes, e quando ela tentou entrar de volta, ele bateu nela com um cabo de vassoura, atingindo uma porta de vidro. Com a chegada da polícia, o homem teria dito que “preferia ser preso ao passar a noite com a mulher”. Os policiais encontraram a residência toda revirada e com vidros da janela e porta quebrados. O agressor foi encaminhado para a delegacia.

No Pirapó, um homem de 34 anos foi preso após representar ameaça contra a esposa. Ela contou aos policiais que o marido chegou alterado em casa, batendo a porta da geladeira e xingando. Mesmo não havendo agressão, ela quis representar contra o marido por ter ficado com medo. Ele recebeu voz de prisão e o casal foi encaminhado até a delegacia para as providências cabíveis. Lá, a mulher decidiu não representar contra o marido e ele foi solto.

No Residencial Novo Horizonte, uma mulher foi agredida pelo companheiro após uma discussão. Ele teria tentado enforcá-la e a deixou com um ferimento no braço. Ele fugiu antes da chegada da polícia.

No Parque Industrial Norte, uma mulher com medida protetiva contra o ex-marido teve a casa invadida por ele. Ela contou aos policiais que o homem estaria embriagado e pulou o muro da casa para se aproximar dela. Sob o risco de ser pego pela polícia, ele acabou fugindo.

Outro caso foi registrado no Jd. Cerejeira, onde um filho que presenciou a mãe sendo agredida pelo padrasto acionou a polícia.  A mulher ficou com hematomas no braço e em seguida, o homem fugiu.

Um homem também foi agredido pela esposa, desta vez, no centro de Apucarana. Ele contou aos policiais que se desentendeu com a mulher e ela passou a agredi-lo com arranhões no rosto e nariz deixando lesões aparentes. Após o ocorrido, ele saiu do local.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber