Apucarana

Erosão interdita trânsito na região do Jaboti, em Apucarana 

Da Redação ·
(Divulgação)
(Divulgação)

O desmoronamento da parede de um canal de drenagem de águas pluviais sob o asfalto, nas imediações do Parque Municipal Jaboti, resultou na interdição total da Rua Noboru Fukushima e parcial da Rua Antônio José de Oliveira. 

continua após publicidade

A medida de segurança, determinada pelo prefeito Júnior da Femac, foi colocada em prática nesta quinta-feira pela Superintendência de Trânsito do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan) após uma análise técnica da Secretaria Municipal de Obras indicar risco de um maior rompimento do terreno. 

No cruzamento entre as vias passa um canal edificado no início da década de 80 dentro do Projeto Comunidade Urbana para Recuperação Acelerada (Cura), que drenou a região, predominantemente alagada, e possibilitou tanto a urbanização quanto a criação do Parque Municipal Jaboti. 

continua após publicidade

“Trata-se de um canal de quatro metros de largura por quatro de profundidade coberto pelo asfalto, que devido as fortes chuvas que atingiram a cidade no início deste mês teve uma de suas paredes rompidas devido infiltração”, explica o prefeito.

Uma empresa terceirizada já foi contratada para realizar as obras de recuperação. “Os engenheiros da empreiteira analisaram o local e estão aguardando um período de estiagem para que a intervenção necessária seja executada. É uma obra de grande porte, com reconstrução da parede do canal, aterro e reconstrução do pavimento asfáltico”, enfatiza o prefeito Júnior da Femac. Segundo análise técnica, para o início das obras será necessário pelo menos uma semana sem chuva.

Com relação à interdição da Rua Noboru Fukushima, o superintendente de Trânsito, Segurança e Transporte do Idepplan, Carlos Mendes, pede que os condutores procurem rotas alternativas. “Só poderão trafegar pela via moradores. Já na rua Antônio José de Oliveira, onde a interdição é parcial, solicitamos atenção redobrada de condutores e pedestres para evitar acidentes”, concluiu Mendes.

Tags relacionadas: #Apucarana #erosão