Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

"É para ficar em casa", diz prefeito de Apucarana ao anunciar novas medidas contra o coronavírus

.

O prefeito de Apucarana, Júnior da Femac, anunciou novas medidas na área da saúde e da educação que deverão ser adotadas na próxima semana, para evitar a proliferação do covid-19. Dentre as principais estão a criação de um centro de tratamento do coronavírus, suspensão de procedimentos eletivos e a dispensa dos servidores das escolas municipais e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIS). De acordo com o prefeito, as medidas seguem recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná. A orientação é para que a população fique em casa e evite locais com aglomeração de pessoas. 

SAÚDE
Ficam suspensas as cirurgias eletivas. Tantos os procedimentos realizados em Apucarana ou em outras cidades como Londrina, Curitiba e Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O transporte de pacientes também está suspenso.

"Somente consultas e procedimentos de urgência continuam com transporte, como o tratamento de radioterapia feito e Londrina", informa o prefeito. 

Apenas urgências ortopédicas cardiológicas e procedimentos de pneumologia serão atendidos nos centros de especialidades médicas. Demais procedimentos ficam suspensos. 

Conforme o prefeito, todos os médicos que atuam no centro de especialidades ficam a disposição do local para triagem e tratamento do coronavírus. São 12 profissionais e 6 residentes escalados a partir de sexta-feira (20) para receber pacientes com suspeita. 

"Todos os médicos que atuam no centro de especialidades da AMS ficam a disposição de um local próprio para triagem e tratamento do coronavírus", afirma. 

EDUCAÇÃO
As aulas já foram suspensas nas escolas municipais e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIS). Segundo orientação do prefeito, os servidores que atuam nas instituições também estão dispensados a partir de segunda-feira (23/03). As aulas na Educação de Jovens e Adultos (EJA) também foram suspensas. 

"São medidas complementares que estamos adotando e contamos com toda população de Apucarana. É para ficar em casa. Por isso estamos suspendendo vários tipos de atividades. Não é para ser encarado como férias, sobretudo crianças e idosos. É muito importante bloquear a transmissão do vírus. Não é para ter corrida ao mercado, são medidas preventivas para impedir o vírus de circular, para não chegar nos grupos de risco. E então o pior da pandemia vai passar e vamos conseguir dar conta dos casos que surgirem", conclui o prefeito. 



O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber