Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Obras incentivam investimentos no Pirapó; assista ao vídeo

.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Pirapó começou a ser ocupado na década de 30 embalado pela necessidade de mão de obra da cafeicultura. De lá para cá, o distrito cresceu tanto que até é maior que alguns municípios da região de Apucarana. Aproximadamente 8 mil pessoas moram na localidade, que vem passando por uma transformação. Pavimentação asfáltica, obras construídas e entregues e instalação de equipamentos públicos estão incentivando a economia local. Assista:


O empresário Márcio Zambrando instalou sua fábrica de embalagens no Pirapó em 2011. Após nove anos, ele se prepara para novos investimentos. “Junto da prefeitura e com o vereador Poim, acabamos ganhando um terreno para investir em mais uma unidade da minha empresa no distrito. Em breve vou gerar mais emprego e renda. Aqui no Pirapó eu vejo um crescimento, políticas voltadas para o distrito. Tem segurança, tem um acesso que facilita a entrada e saída de caminhões, tem mão de obra. Aqui o distrito não fica esquecido, a qualidade de vida aqui melhorou muito”, ressalta Márcio. Nascido e criado no Pirapó, o empresário Sérgio Carlos Pelizer, que tem uma agropecuária, garante que o distrito nunca esteve tão bem. “É muita coisa que foi feita no Pirapó em tão pouco tempo. Estão extinguindo os paralelepípedos, asfaltando estradas, fora as reformas. Eu, que sou nascido no Pirapó, via que que nas administrações anteriores ficávamos no esquecimento. Agora não. Temos recursos. Meu filho tem loja aqui, minha filha tem consultório aqui e vamos investir ainda mais. Agora dá gosto de investir ”,  finaliza. 

PIONEIROS

Um dos pioneiros do Pirapó, Wagner Lazarini, de 81 anos, chegou em 1955 e acompanhou o crescimento do distrito e destaca as melhorias. “Eu vim para cá trabalhar na lavoura, naquele tempo era tudo muito difícil, não tinha investimentos, asfalto, recursos. Já hoje eu consigo ver a transformação do Pirapó. O conforto que temos. Hoje tem qualidade de vida, os administradores olham para o distrito, não estamos mais esquecidos. Aqui me casei, criei meus filhos, netos. O Pirapó é a minha terra, tenho orgulho de falar que sou do Pirapó”, comenta. Valdemar Burin também tem 81 anos, de família italiana, veio de Minas Gerais para morar no Pirapó e garante que não teve vontade de ir embora. “Pirapó não tinha nada, era só terra. Hoje ela pode ser uma cidade, tem cidade que não é como o Pirapó. Aqui tem muito futuro, gosto muito daqui. Para mim é o melhor lugar do Brasil”, destaca. 

Distrito recebeu recursos públicos de R$ 4 milhões

 Entre as obras recentes do distrito está a reforma e ampliação da Capela Mortuária, revitalização da Praça Antônio Rui, reforma e reinstalação da academia ao ar livre, construção de calçada solidária, no entorno do Cemitério de Pirapó e Colégio Estadual Coronel Luiz José dos Santos, além e melhorias nas estradas rurais do distrito e a implantação de uma unidade do Meu Campinho. 

A localidade também está com várias obras de recape em andamento ou recém finalizadas beneficiando moradores do Núcleo Habitacional Professora Amélia Moraes, no Jardim Palmeiras, além das ruas em torno da Igreja Santo Antônio de Pádua, pavimentação de parte da Estrada Velha e no Núcleo Habitacional Giácomo Moreal. Os recursos para essas melhorias foram alvo do trabalho do vereador Franciley Preto Godoy, o Poim, que afirma sentir orgulho em representar o distrito. Em primeiro mandato, ele destaca que vem batalhando em busca de verbas e já obteve mais de R$ 4 milhões em obras.   “Eu sou filho do Pirapó,  moro aqui, tenho minha família aqui e é um orgulho para mim fazer parte dessa história. É um orgulho lutar pelo Pirapó, trazer obras, deixar um legado. Eu me preocupo com a qualidade de vida de quem mora no distrito. E tem muito mais vindo por aí, tenho projetos protocolados na Casa Civil que logo serão executados, são mais investimentos para o Pirapó”, detalha Poim. 

O vereador destaca a gestão Beto Preto e Junior da Femac, que para foi fundamental para tantas transformações. “Tem lugares que esperam por mais de 40 anos por um asfalto e agora nessa gestão Beto Preto/ Junior da Femac e a minha, conseguimos unir forças. Graças também com a união com o governador Ratinho e toda sua equipe estamos conseguindo fazer uma grande transformação no Pirapó”, enfatiza.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber