Mais lidas
Ver todos

    Apucarana

    Apucaranense suspeito de matar Maria Glória foi condenado por estupro na década de 90

    Foto por
    Escrito por da redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O principal suspeito de estuprar e matar a bailarina Maria Glória Poltronieri Borges, de 25 anos, foi condenado por estupro na década de 90. O crime foi cometido em 1998 no município de Rio Bom, no Vale do Ivaí. Flávio Campana, de 40 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (28) em Apucarana.

    De acordo com a Polícia Civil, ele foi tratado como um dos principais suspeitos desde o início das investigações. Fotos publicadas nas redes sociais confirmam que Campana e um amigo estiveram na mesma cachoeira em Mandaguari, onde Maria Glória foi assassinada. 

    Foto: Reprodução

    (Flávio Campana, de 40 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (28) em Apucarana. Foto: Reprodução)

    No início de fevereiro, ambos prestaram depoimento e tiveram seus materiais genéticos coletados para comparação com o sêmen encontrado na vítima. Para a polícia, o resultado do laudo que saiu nesta quinta-feira (27) não deixa dúvidas sobre a autoria do crime.

    Ainda segundo a polícia, na época em que foi interrogado, Flávio apresentava várias lesões pelo corpo que davam indícios de luta corporal, inclusive, uma delas se assemelhava a uma mordida. Contudo, mesmo diante das provas, o suspeito nega o crime. 

    CRIME
    O corpo da bailarina, Maria Glória Poltronieri Borges, de 25 anos, foi encontrado no início da noite de 26 de janeiro em um matagal, entre as cidades de Marialva e Mandaguari.Maria Glória participava de um acampamento em uma propriedade rural nas proximidades, quando desapareceu.

    Foto: Reprodução

    MANIFESTAÇÕES
    Além da comoção social, a morte da bailarina causou revolta principalmente entre mulheres. Vários atos de repúdio ao feminicídio foram realizados em Curitiba e Maringá. 



    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Jornal da Tribuna 2ª Edição - 07/07/20

    Deixe seu comentário sobre: "Apucaranense suspeito de matar Maria Glória foi condenado por estupro na década de 90"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.