Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Região registra mais de 13 mil multas de trânsito em 2019

.

Foto: Sergio Rodrigo
Foto: Sergio Rodrigo

Dados do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), revelam que no ano passado foram aplicadas 13.290 multas de trânsito na região. Os números são referentes a Apucarana (6.310), Arapongas (5.769) e Ivaiporã (1.211). As infrações mais registradas foram o avanço do sinal vermelho e deixar de utilizar farol durante o dia em rodovia.

Em Apucarana, a campeã das infrações é o avanço do sinal vermelho, com 836 multas, seguida por estacionamento irregular em vagas de idosos, com 370 e estacionamento irregular em vagas de carga e descarga, com 312 multas.

Para o Major Vilson Laurentino da Silva, do 10º Batalhão de Polícia Militar de Apucarana, a prática do avanço de sinal vermelho além de tumultuar o trânsito é um dos maiores causadores de acidentes graves. “A pessoa que está cruzando com o sinal aberto tem a expectativa de que o condutor do outro lado está respeitando o sinal fechado, por essa razão os acidentes causados por ultrapassagem do sinal vermelho geralmente têm mais gravidade, podendo causar até mortes. Nossa orientação é para que os motoristas obedeçam a sinalização e tenham prudência, procurando sair sempre com bastante antecedência a seus compromissos para evitar infringir a lei de trânsito”, observa o Major.

Outra infração bastante cometida pelos motoristas apucaranenses é o estacionamento irregular. De acordo com o Detran, mais de mil multas foram aplicadas em Apucarana para condutores que utilizaram indevidamente vagas de idosos e de carga e descarga. De acordo com o coordenador da Guarda Municipal (GM) Alessandro Carletti, o respeito ao uso das vagas para idosos é uma questão de cidadania. “Precisamos compreender que tanto no caso dos idosos quanto no caso das vagas para deficientes físicos, é preciso respeitar as necessidades especiais desses condutores, é questão de educação e cidadania”, afirmou.

Carletti pontua ainda que ações de conscientização nesse sentido já estão sendo realizadas pela GM de Apucarana. “A GM tem realizado ações de fiscalização e orientações quanto as vagas especiais e também de carga e descarga, para a conscientização dos motoristas e iremos continuar a com a prevenção. É importante dizer que o famoso ‘só por um minuto’ em vagas especiais deve ser esquecido pelos motoristas transgressores, pois há pessoas mais necessitadas para o uso dessas vagas”, disse.

Em Arapongas, a principal infração registrada durante 2019, foi deixar de utilizar o farol durante o dia em rodovia, com 1.046 notificações, seguida pelo uso de celular ao volante com 812 notificações e o avanço do sinal vermelho, com 395 multas aplicadas.

Ivaiporã também registrou a maior parte das multas por deixar de utilizar o farol durante o dia em rodovia, com 115 notificações. Conduzir sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foi a segunda infração mais cometida, com 85 notificações, seguida pela conversão em local proibido com 83 notificações aplicadas no município.

PRF orienta uso dos faróis

De acordo com o Chefe do Núcleo de Policiamento e Fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Apucarana, Marcos Vinícius da Silva, o uso dos faróis mesmo durante o dia em rodovias é necessário para melhor visibilidade dos veículos e segurança dos condutores. Ele explica que é importante esclarecer dois fatores sobre o assunto: onde usar e como utilizar os faróis na rodovia durante o dia. “Muitos motoristas acreditam que utilizando apenas a luz baixa do veículo durante o dia, já estão obedecendo a legislação, e isso é um engano. É necessário que os faróis estejam acesos, da mesma forma que são utilizados durante a noite. Também é importante esclarecer que trafegando no perímetro urbano das rodovias, sem ligar os faróis, os motoristas não estão passíveis de multas. Os faróis são obrigatórios somente fora dos perímetros urbanos” explica Silva.

“É importante frisar que todo tipo de infração no trânsito pode colocar vidas em risco, por isso a PRF está sempre atenta, buscando sempre realizar fiscalizações no sentido de coibir essas práticas em toda a região”, finalizou o agente.

SAIBA MAIS

*Avançar o sinal vermelho é uma infração gravíssima com multa no valor de R$ 293,47, além de 7 pontos na carteira.

*A Lei do Farol Aceso, está em vigor desde 2016. A desobediência da regra passou a ser considerada uma infração média, com multa de R$130,16 e quatro pontos na carteira de habilitação.

 


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber