Mais lidas
Ver todos

    Apucarana

    Rodonorte inicia viaduto da “Nova Ukrânia” no Contorno Sul

    Foto por
    Escrito por Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    A CCR Rodonorte iniciou nesta semana a construção do viaduto junto à Rua Nova Ukrânia, na altura da subestação Cristo Rei, da Copel, nas imediações do Jardim Catuaí. Parte do conjunto de obras da duplicação dos 11,8 quilômetros do Contorno Sul de Apucarana, as equipes da concessionária promovem a limpeza do terreno visando as obras de engenharia. Do mesmo porte da transposição que está sendo executada no acesso à estrada velha para Rio Bom, nas imediações do Residencial Interlagos, a ordem de serviço foi dada pela diretoria da CCR Rodonorte na semana passada.

    Detalhes do projeto foram conhecidos nesta quarta-feira (13/02) pelo prefeito Júnior da Femac através de encontro com o engenheiro civil, Luiz Carlos Fernandes. De acordo com ele, a obra demandou um estudo de viabilidade maior por parte da prefeitura e do DER. “Por isto está sendo autorizada somente agora. Houve uma preocupação muito grande com a questão da segurança, mas agora está tudo certo para sua execução”, informou Fernandes. A projeção é de que o viaduto esteja liberado para o tráfego em 6 a 7 meses. “A transposição se dará por cima, enquanto a via de tráfego principal (rodovia) será por baixo”, explicou o engenheiro da concessionária.

    O prefeito Júnior da Femac enalteceu o porte do investimento e lembrou que a duplicação do Contorno Sul é fruto da reconquista da força política de Apucarana a partir da gestão Beto Preto. “Na época onde houve o anúncio dos cortes de investimentos dentro do contrato de concessão, corremos sérios riscos de perder esta obra. Mas a prefeitura, através do ex-prefeito Beto Preto, lutou para garantir este investimento, que vai mudar para melhor todo panorama desta importante região da cidade. Ainda como vice e agora como prefeito, tem acompanhado de perto todo este processo, fazendo tudo que é possível para que as obras avancem sempre sem que haja atraso”, pontuou o prefeito Júnior da Femac, relatando que o canteiro de obras emprega 340 funcionários.

    Iniciada em agosto de 2018, a duplicação do Contorno Sul é executada em duas etapas. A primeira fase, compreendendo 4,5 quilômetros entre o acesso da cidade nas proximidades do 10º Batalhão da Polícia Militar e a entrada para a estrada velha para Rio Bom, já foi concluída. Além dos dois viadutos – “Nova Ukrânia” e “acesso a estrada velha de Rio Bom” – o projeto contempla ainda uma ponte sobre o Córrego Biguaçu. Com investimento na ordem de R$70 milhões, as obras devem ser concluídas até setembro deste ano, garantindo melhor mobilidade urbana e expansão de investimentos para a região.

    Avenida – Acompanhado de secretários municipais, o prefeito Júnior da Femac aproveitou o encontro com a equipe de engenharia da Rodonorte para vistoriar as obras de prolongamento da Rua Nova Ukrânia até o contorno. “Uma obra estruturante, viabilizada também pela gestão Beto Preto, com recursos do Governo Ratinho Júnior e que representa o momento de união vivido pela cidade, mostrando o que Apucarana é capaz de fazer quando há planejamento e gestão séria. Apucarana unida é forte”, salientou Júnior.

    De acordo com o cronograma estabelecido, 95% dos serviços previstos já foram executados. “É uma nova avenida, que cria um novo acesso à cidade. Uma via de 12 metros de largura, a mesma dimensão da Avenida Curitiba, com drenagem, meio-fio, bocas de lobo, pavimentação e calçada com acessibilidade”, detalha o prefeito.

    O trecho também está ganhando um moderno sistema de iluminação. “A pista antiga era muito apertada e, por solicitação da prefeitura, realizamos o deslocamento de toda a rede para que o projeto pudesse ser executado”, informa Gilberto Stéfani, gerente da agência local da Copel. Segundo ele, o investimento foi pago pela prefeitura. “A Copel coordenou os trabalhos através de uma empresa contratada”, relata.

    Os serviços de modernização da avenida são executados pela Empreiteira Bueno, vencedora da concorrência pública. O investimento é R$ 1,5 milhão, com recursos financiados pelo Governo do Estado por meio do Banco Fomento Paraná.
    O projeto contempla a execução de drenagem e galerias (1.224 metros lineares), calçadas (3.400 m²), rampas de acessibilidade e sinalização horizontal e vertical. A faixa de rolamento terá 12 metros de largura por 970 metros de extensão (12.344 m²).

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    A luta das mulheres por direitos no Brasil, com Aline Rocha e Gabriela Sacchelli

    Deixe seu comentário sobre: "Rodonorte inicia viaduto da “Nova Ukrânia” no Contorno Sul"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.