Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Inscrições do “Aprende” serão homologadas na quinta-feira

.

A Autarquia Municipal de Educação (AME) publica nesta quinta-feira (06/02) no site da Prefeitura de Apucarana (www.apucarana.pr.gov.br) e no Diário Oficial do Município, edital de homologação das inscrições junto ao processo de seleção da primeira turma do Programa de Aprendizagem Profissional na Administração Pública Municipal (Aprende).

Direcionado a jovens entre 14 e 24 anos de idade, a iniciativa está ofertando 50 vagas, das quais 25 são para a estrutura administrativa da prefeitura e 25 na da AME. Com inscrições encerradas em meados de janeiro, 1.050 jovens efetivaram cadastramento e aguardam o documento que, além da homologação dos candidatos aptos, vai ainda trazer o deferimento ou não dos pedidos de tratamento diferenciado e oficializar dia, local e horário da aplicação da prova. “O edital de inscrição trouxe uma data provável para a prova (09/02), que acabará não se confirmando. Devido ao grande número de inscritos, a data precisou ser adiada para o dia 16 de fevereiro para uma melhor organização do certame”, informa professora Marli Fernandes, diretora-presidente da AME. Ela pede que os inscritos acompanhem com atenção o edital. “Trata-se de um guia que contém informações complementares importantes aos candidatos”, pontua.

Além da confirmação do dia 16 de fevereiro, o edital deve oficializar o campus Apucarana da Universidade Estadual do Paraná (Unespar/Fecea) como local da aplicação das provas. “Os 50 selecionados serão definidos através de processo seletivo, que consistirá na aplicação de uma prova escrita com seis questões de língua portuguesa, seis questões de matemática e oito questões de conhecimentos gerais e ética”, explica professora Marli. As questões estão sendo elaboradas pela equipe pedagógica da entidade autárquica.

O prefeito Júnior da Femac lembra que a oferta de vagas de aprendizagem profissional na administração pública municipal foi idealizada pelo diretor do Fórum da Justiça do Trabalho, juiz Maurício Mazur, e encampada pela prefeitura com apoio dos vereadores da base. “A partir da ideia passada pelo juiz Mazur, elaboramos duas leis que foram aprovadas pela Câmara de Vereadores. Uma delas estabelece a exigência de cumprimento do dever legal de contratação de aprendizes, entre 5% e 15% do total do quadro de funcionários, por todas as empresas vencedoras de licitações no município. A outra foi a que criou o Programa Municipal de Aprendizagem Profissional (Aprende), que permitirá a contratação de jovens aprendizes na administração pública municipal”, cita Júnior da Femac.

Os 50 aprovados vão participar de uma formação técnico-profissional em serviços administrativos. A aprendizagem terá uma carga horária total de mil horas, distribuídas entre o trabalho e o curso de aprendizagem. “As atividades serão desenvolvidas no contra turno escolar do jovem aprendiz, somando uma carga horária diária de quatro horas”, explica Paulo Vital, procurador-jurídico da Prefeitura de Apucarana. O contrato de aprendizagem terá duração de um ano e a remuneração será de um salário mínimo, em valor proporcional à carga horária trabalhada. Dúvidas ou outras informações pelo telefone 3425-9079.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber