Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Governador destaca potencial econômico diversificado de Apucarana

.

Ratinho Junior, governador do Paraná
Ratinho Junior, governador do Paraná

Na semana em que Apucarana completa 76 anos de emancipação política e administrativa, o governador Ratinho Junior (PSD) faz uma avaliação do que representa o município no desenvolvimento econômico e social do Paraná. Segundo ele, Apucarana tem um potencial grande e diversificado nas áreas de indústria, comércio, agricultura e agronegócio, além de se destacar como importante polo regional do Vale do Ivaí. Confira a entrevista:

TRIBUNA DO NORTE -  Apucarana está completando 76 anos de emancipação política. Na sua opinião, que importância tem o município no contexto econômico do Paraná?
RATINHO JUNIOR - A perseverança do povo de Apucarana é um exemplo para todo o nosso Estado. A cidade teve a capacidade de se “reinventar” após o declínio do café e hoje é destaque nacional na produção de bonés e brindes. Com a força desta indústria, Apucarana leva o nome do Paraná para todo o Brasil e várias partes do mundo, assim como a produção de couro. A agricultura segue como um motor econômico e referência de produtividade para o agronegócio estadual. Como polo regional, abriga uma importante área de comércio e serviços. Toda esta diversidade demonstra que Apucarana é uma das cidades mais importantes do Estado e terá todo o apoio do nosso governo para seguir crescendo. Nossos parabéns pelos seus 76 anos.

TN - Pode citar algumas ações ou investimentos de seu governo direcionados para Apucarana?
RATINHO JUNIOR - Apucarana tem um “embaixador” na nossa equipe de governo, o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, que tem nos ajudado a suprir as demandas da cidade na medida das condições do Estado, pois temos que ter um olhar para todo o Paraná. No ano passado, demos a ordem de serviço de duas obras fundamentais, nas avenidas Cristiano Kussmaul e Nova Ucrânia. Um investimento de R$ 4 milhões. Liberamos R$ 1,3 milhão para as unidades de saúde Adriano Correia e Jardim Primavera. Temos um grande programa de investimentos da Sanepar, para ampliar os serviços de água e saneamento básico na cidade. São R$ 80 milhões. Temos ainda três convênios com o Hospital Providência, que somam R$ 18,2 milhões, incluindo aí a nova maternidade e novos equipamentos.

TN - Quais têm sido as ações de seu governo para os municípios do interior?
RATINHO JUNIOR - As pessoas vivem nas cidades e é lá que queremos investir. Minha experiência como secretário do Desenvolvimento Urbano contribuiu para que pudesse conhecer as demandas dos nossos municípios e agora, como governador, trabalhamos para ajudar a resolver os gargalos. Melhorar a qualidade de vida das pessoas é uma das nossas prioridades, ao lado de iniciativas que permitam abrir novas oportunidades de emprego e renda para os paranaenses. Nosso foco são os municípios do interior. Estamos descentralizando as ações de saúde, para levar atendimento para perto de onde as pessoas vivem. O desenvolvimento chega mais rápido onde há infraestrutura adequada. Por isso, o nosso governo trabalha na modernização dos sistemas de transporte e logística de todo o Estado, oferecendo melhores condições para que investidores sejam atraídos ao interior do Paraná.
TN -  O Vale do Ivaí, que é a sua região, está tendo ou terá uma atenção especial de seu governo?
RATINHO JUNIOR - Como eu disse, o governo estadual tem que ter um olhar para todo o Paraná. Minha tarefa é cuidar de mais de 11 milhões de paranaenses. Obviamente que sempre trataremos o Vale do Ivaí com o carinho que a região merece. Neste momento estamos elaborando mapas regionais de desenvolvimento para o Estado. O trabalho já avançou no Vale do Ivaí. Os primeiros estudos apontam para duas boas vertentes a serem exploradas: fruticultura e turismo. Há um grande potencial em relação ao turismo religioso e de aventura, já que no Vale são 100 cascatas catalogadas.

TN - De um modo geral, que avaliação faz do seu primeiro ano de mandato?
RATINHO JUNIOR - O primeiro ano é sempre de ajustes, de organização do trabalho e da equipe. Executamos um orçamento que não foi elaborado pela nossa equipe, mas mesmo assim acredito que foi bom começo de gestão. Mostramos nossa vontade de mudar e a preocupação com a austeridade. Enxugamos a máquina pública, congelamos o salário do primeiro escalão, cortamos cargos comissionados e mordomias como as aposentadorias dos governadores e o jatinho alugado. Implementamos o Compliance, que é uma metodologia administrativa moderna, que faz a prevenção de desvios de conduta. Também foi um ano de pacificação política. Hoje, há harmonia do governo com os três senadores e a bancada federal. Tivemos uma excelente parceria com a Assembleia Legislativa, aprovando projetos fundamentais para o progresso do Estado, e uma relação bastante harmoniosa com os demais poderes. Colocamos em pé várias das nossas propostas de gestão e temos que comemorar resultados como a alta da produção industrial, o grande volume de empregos criados e a atração de R$ 23 bilhões em investimentos privados, além da redução expressiva dos índices de criminalidade.

TN - Quais as prioridades da sua gestão para 2020?
RATINHO JUNIOR - O tripé da nossa gestão é fazer uma gestão eficiente, realizar projetos estruturantes e ter um olhar social que permita melhorar a vida das pessoas. Acredito que neste ano poderemos dar ainda mais celeridade aos programas que atendam estas três áreas. Temos um governo organizado e um plano de trabalho consolidado. Não vamos descuidar de nenhuma área, mas certamente vamos realizar mais investimentos em infraestrutura rodoviária, para melhorar a nossas estradas.

 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber