Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Homem é condenado a 24 anos de prisão por estuprar a filha e obrigá-la a abortar, em Apucarana

.

Foto: Tribuna do Norte/Sérgio Rodrigo
Foto: Tribuna do Norte/Sérgio Rodrigo

Um homem foi condenado a 24 anos de prisão por estupro e aborto tentado, na tarde desta terça-feira (21), após júri popular realizado no Fórum Desembargador Clotário de Macedo Portugal, em Apucarana. 

O réu foi acusado pelo Ministério Público (MP) por estuprar a própria filha e engravidá-la. Ainda conforme os autos, o homem ainda obrigou a vítima a abortar três vezes. 

Como o processo corre em segredo de Justiça, o júri aconteceu a portas fechadas. Na acusação atuou o promotor Fabrício Drumond Monteiro e a defesa ficou por conta da defensora pública Renata Miranda Duarte.



O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber