Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Apucarana

Preocupação com segurança patrimonial aumenta no período de férias

.

Verão, férias e viagens. O período de começo de ano é um dos mais aguardados pelos veranistas que desejam passar uns dias de descanso no litoral para fugir do estresse do trabalho e “recarregar as baterias” para o novo ano. Mas, antes de embarcar para as merecidas férias, é preciso investir e planejar a segurança patrimonial para não levar nenhum susto no retorno da viagem e transformar o lazer em dor de cabeça. 

Um dos principais itens procurado por residências e condomínios é a cerca elétrica, que de acordo com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), necessita de fiscalização em dois momentos: na instalação e na manutenção dos equipamentos. 

O gerente regional do Crea-PR em Apucarana, Jeferson Antônio Ubiali, destacou que o acompanhamento de um responsável técnico pela instalação é fundamental para o bom funcionamento de qualquer item de segurança. “No caso da cerca elétrica ainda é necessária a manutenção anual, uma exigência por se tratar de aparelho que pode provocar danos a terceiros”, explicou. O responsável técnico deve verificar aterramento, cabos desconectados, altura mínima do primeiro fio energizado e outros itens para garantir a segurança dos moradores e das pessoas que passam pelo local. A altura mínima é regulamentada por leis municipais e considerada fundamental para se evitar acidentes, principalmente com crianças. Caso uma instalação seja realizada sem responsável técnico, o proprietário do imóvel pode responder civil e criminalmente em casos de acidentes. Ele ainda comentou sobre o aumento na procura por proteção de perímetro nos últimos anos, com câmeras de circuito fechado no entorno de residências, lojas e também em condomínios, que passaram a adotar o sistema, principalmente no período noturno sem a presença dos vigilantes nas guaritas. “Vários condomínios estão deixando de ter porteiros presenciais. Além do sistema eletrônico para a entrada e saída, o monitoramento por câmeras pode ser acessado remotamente pelo celular. Essa é uma tendência, e as atividades de instalação e manutenção precisam de um responsável técnico”, ressaltou. 

Algumas salas comerciais também investem em sistemas de alarmes de fumaças para alertar sobre os riscos de um incêndio, que pode destruir edificações no período de recesso. 

Cartilha 

Orientações para instalações de cercas elétricas, câmeras de segurança, alarmes e sensores de presença estão presente no Caderno Técnico de Segurança Eletrônica, elaborado pelo Crea-PR, disponível para a população desde 2016. (https://www.crea-pr.org.br/ws/wpcontent/uploads/2016/12/seguran%C3%A7a-eletr%C3%B4nica.pdf). 

Entre os assuntos abordados estão informações sobre alarme contra invasão, circuito fechado de televisão, porteiros eletrônicos e instalação de cercas elétricas, apontando a limitação de corrente elétrica, por exemplo, e outros cuidados que devem ser levados em conta de forma a evitar acidentes ou o não funcionamento do sistema.

 

 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Apucarana

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber